Hotéis de selva planejam crescimento nos negócios

Apostando no turismo ecológico, os hotéis de selva estimam um acréscimo de 20% a 30% nos negócios deste ano em comparação a 2004. Com intuito de agradar os turistas que os visitam, na grande maioria estrangeiros, empresários do setor estão investindo

  
  

Apostando no turismo ecológico, os hotéis de selva estimam um acréscimo de 20% a 30% nos negócios deste ano em comparação a 2004.

Com intuito de agradar os turistas que os visitam, na grande maioria estrangeiros, empresários do setor estão investindo em estrutura física e em novos serviços oferecidos à clientela.

O gerente comercial do Malocas Jungle Lodge, Bruno Godde, destacou um crescimento de 30% em demanda de hóspedes neste ano em comparação ao ano passado.

O hotel de selva, localizado à margem esquerda do rio Preto da Eva, afluente do rio Amazonas, possui 15 apartamentos duplos.

Bruno Godde definiu o Malocas, como um hotel de selva num estilo rústico em madeiras nativa, coberto com cavacos e telhas de barro, dispondo de apartamentos com banheiro interno, restaurante e dependências de serviço.

`Oferecemos o puro turismo ecológico ao nosso turista, que desfruta da natureza nativa da região`, disse.

O gerente comercial disse que a construção do hotel segue o estilo indígena, porém dotada de condição hidráulica e sanitária funcionais de acordo com as normas técnicas. Ele destacou que o objetivo é atender da melhor forma a clientela, porém respeitando a natureza local.

Segundo o gerente comercial, o primeiro semestre é de baixa temporada, porém a partir de junho o movimento nos hotéis de selva deve aquecer. O Malocas tem uma clientela dividida entre norte-americanos, europeus e brasileiros.

Fonte: Jornal do Commercio (AM)

  
  

Publicado por em