Hotéis voltam a ser classificados por 'Estrelas'

País tem 19 hotéis classificados pelo novo sistema do MTur

  
  
Imagem da página inicial do hotsite do Sistema Brasileiro de Classificação de Meios de Hospedagem (SBClass)

A partir desta terça-feira, 19 meios de hospedagem de dez estados serão os primeiros a ter suas categorias identificadas pelo número de estrelas (de uma a cinco), de acordo com os novos critérios estabelecidos pelo governo federal. São empreendimentos que passaram pelo processo de avaliação estabelecido no Sistema Brasileiro de Classificação de Meios de Hospedagem (SBClass) do Ministério do Turismo e recebem hoje (25), em evento em Brasília, a placa de identificação e o certificado que conferem conformidade com requisitos de sustentabilidade, infraestrutura, equipamentos e serviços oferecidos aos hóspedes.

Com a reformulação do sistema de classificação, a marca estrela passa a ser exclusiva do governo federal. Ela somente poderá ser utilizada pelos meios de hospedagem avaliados de acordo com os critérios do SBClass. Entre os principais objetivos do sistema estão os de aumentar a competitividade da hotelaria brasileira e servir como fonte de informação para o consumidor.

“Com a proximidade dos grandes eventos, como a Copa do Mundo e as Olimpíadas, precisamos qualificar nossos equipamentos e serviços. Neste contexto, a classificação é um instrumento importante para colocar nossa hotelaria em pé de igualdade com a dos países ícones do turismo mundial”, afirma o ministro do Turismo, Gastão Vieira.

Parceria do MTur com o Instituto Nacional de Metrologia (Inmetro), o novo sistema conceitua e classifica sete tipos de meios de hospedagem: hotel, flat/apart-hotel, resort, hotel fazenda, hotel histórico, pousada e cama&café. Para cada tipo existe uma matriz que relaciona requisitos obrigatórios e eletivos, que devem ser atendidos pelo empreendimento para que ele seja classificado na categoria pretendida. Por exemplo, o serviço de café da manhã é obrigatório para todas as categorias de hotel (uma a cinco estrelas). Já a existência de salão de eventos é obrigatória somente para hotel que pretende ostentar cinco estrelas.

O SBClass foi concebido a partir do estudo de modelos internacionais como os adotados na França, Espanha, Portugal, Alemanha e outros líderes do turismo mundial. São países que adotaram a classificação como estratégia para promover e assegurar sua competitividade no mercado. No Brasil, assim como em vários desses países, a adesão ao sistema é voluntária.

Entre os meios de hospedagem classificados estão pousadas, hotéis, hotel histórico e resorts. Os empreendimentos estão localizados nos seguintes estados: Minas Gerais (4), São Paulo (3); Distrito Federal (2), Bahia (2), Paraná (2), Goiás (2), Rio Grande do Sul (1), Pernambuco (1), Rio de Janeiro (1) e Tocantins (1). No total, 97 hotéis estão inclusos nos sistema, em diversas fases do processo de classificação.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em