Viaje quase de graça com Milhas Aéreas

Notícias > Turismo > Meios de hospedagem > 

São Vicente ganha business center e experimenta salto no turismo de negócios

Na cobertura do hotel, localizado a uma quadra da orla do Itararé e a 15 minutos da Rodovia dos Imigrantes, o centro de negócios tem cerca de 2 mil metros quadrados de área

29 de Novembro de 2011.
Publicado por Vininha F. Carvalho  

São Vicente, no litoral de São Paulo, pega carona na expansão dos investimentos na Baixada Santista, principalmente na vizinha Santos, e ganha fôlego para um crescimento animador do turismo de negócios.

Junto com o salto de quase 100% na quantidade de eventos realizados na cidade nos últimos três anos, conforme dados do governo municipal, o empresariado investe para ampliar a oferta de serviços e aproveitar esse filão.

A novidade neste final de ano é a abertura de mais um espaço para eventos, o business center do Palais Hotel, estabelecimento inaugurado em outubro do ano passado com foco justamente no público de negócios.

Na cobertura do hotel, localizado a uma quadra da orla do Itararé e a 15 minutos da Rodovia dos Imigrantes, o centro de negócios tem cerca de 2 mil metros quadrados de área e já recebe os primeiros eventos.

É composto por um salão (Royal) com auditório conversível para cursos, workshops, palestras e treinamentos, com capacidade para 60 pessoas; a sala Arts, um mini recinto de chá para pequenas reuniões com maior privacidade; e a sala Sintra para reuniões menores e suporte aos eventos no auditório, com todos os equipamentos de mídia como apoio a apresentações. Além disso, tem ainda o salão Cristal para café-da-manhã, conversível para eventos também, com até 60 lugares.

Todos os recintos ganharam nomes de palácios, significado em português de Palais, palavra francesa. Para Salvador Gonçalves Lopes, proprietário do novo estabelecimento e empresário do ramo hoteleiro há 40 anos, São Vicente está em uma fase incontestável de expansão beneficiada pela nova etapa da Baixada Santista no cenário econômico, marcada pela exploração da camada pré-sal de petróleo, o crescimento do porto e a alta no próprio turismo.

“O perfil do turista da região já é essencialmente de negócios durante todo o ano. O setor não vive mais só do veraneio. Em uma região como a nossa, os municípios se beneficiam um do outro, principalmente Santos e São Vicente, vizinhas”, afirmou o empresário, que contratou uma profissional para captar eventos para o novo espaço.

A facilidade no acesso entre os dois municípios é, sem dúvida, determinante. São Vicente é uma economia baseada principalmente em comércio e serviços, com atividade industrial irrisória, mas sua economia já se diversifica e recebe empresas da cadeia produtiva do petróleo com o início da exploração da Bacia de Santos.

Essa tendência reflete na movimentação turística e de outros setores. Segundo dados da Prefeitura, a cidade foi sede de 102 eventos de médio e grande porte no ano passado, crescimento superior a 260% em relação a 2005, quando houve apenas 38 eventos.

A criação do Complexo de Eventos e Convenções da Costa da Mata Atlântica em 2003, com 11 mil metros quadrados de área coberta (a maior na Baixada), também ajudou a impulsionar a agenda da cidade.

Com a inauguração do Palais, com 40 apartamentos equipados por TV LCD, DVD, painel com entrada USB, frigobar e toda a estrutura voltada principalmente para os turistas de negócios, São Vicente tem hoje 20 estabelecimentos, contando pousadas, hotéis, flats e hostel, num total de 1.301 leitos. Para Salvador Gonçalves Lopes, a rede ainda tem espaço para crescer e atender a demanda em constante alta.

De acordo com a Prefeitura, os eventos tiveram reflexo positivo direto no comércio, principal motor da economia da cidade, que saltou de 4 mil para 7 mil estabelecimentos em oito anos, bem como a construção civil, com expansão de 430% nos últimos 15 anos.

Visite: wwww.revistaecotour.com.br

Fonte: Bruno Guedes

Compartilhar nas Redes Sociais

Comentários


 

Veja também

Chapada dos Guimarães terá complexo turístico para Copa do Mundo de 2014Empresários do ramo hoteleiro investem em empreendimentos em Alagoas

 

editar    editar    editar    0 visitas    0 comentários