Vencedor do prêmio Condé Nast Johanssens, hotel na praia de Corumbau tem programa especial para a Semana Santa

Além das tendas na praia e da piscina, trilhas interpretativas pela Mata Atlântica permitem observar espécies da fauna e flora nativa.

  
  
As opções de lazer e esporte do Vila Naiá são ideais para um momento de integração com a família e os amigos/Divulgação

Conforto, diversão e sossego em contato integral com a natureza. Vencedor do prêmio Condé Nast Johanssens de melhor hotel de praia da América do Sul, o Vila Naiá em Corumbau

(BA) oferece uma experiência de estadia diferente para a Páscoa: quatro noites em um cenário de charme e sofisticação com respeito ao meio ambiente.

O programa de hospedagem inclui programação integral de gastronomia e um gift especial para as crianças: ovos de páscoa da renomada doceira Pati Piva.

As opções de lazer e esporte do Vila Naiá são ideais para um momento de integração com a família e os amigos. Aproveitar o mar e sol da Bahia é a melhor pedida. Além das tendas na praia e da piscina, trilhas interpretativas pela Mata Atlântica permitem observar espécies da fauna e flora nativa.

Passeios de lancha ou carro levam a localidades próximas como Caraíva, Cumuruxatiba, Barra Velha, Barra do Cahy, Praia do Espelho e Trancoso. Um mergulho nas piscinas do recife Mato Grosso é uma experiência inesquecível para observar cardumes de peixes e formações de coral.

O destaque da gastronomia é o uso de ingredientes orgânicos e locais. O café da manhã, almoço e jantar são servidos a qualquer hora e local, de acordo com a vontade do hóspede.

O cardápio tem inspiração contemporânea com peixes sempre frescos e pães feitos in loco e a adega é abastecida com rótulos de diversas regiões do mundo.

A própria chegada ao local já permite avistar paisagens incríveis: por terra, o acesso se dá por meio de uma viagem de Toyota Hilux em um percurso de 3h30 margeando o Monte Pascoal. Há ainda opções de transfer por avião ou helicóptero a partir de Porto Seguro.

A atmosfera de requinte e descontração tem início pela recepção, onde os hóspedes são recebidos com água de coco sempre fresca. Longas passarelas de madeira ao ar livre ligam todos os ambientes do hotel. São verdadeiros corredores, refrescados pela brisa que vêm do mar e cercados pela vegetação natural da região.

Fonte: Marco Godin

Visite: www.revistaecotour.com.br

  
  

Publicado por em