Ministério do Turismo investe R$ 175 milhões nos Jogos Pan-americanos

O ministro do Turismo, Walfrido dos Mares Guia, destacou no dia 23/02, no Rio de Janeiro, o investimento de R$ 175 milhões do Ministério do Turismo nos Jogos Pan-americanos e Parapan-americanos, que serão realizados naquela cidade es

  
  

O ministro do Turismo, Walfrido dos Mares Guia, destacou no dia 23/02, no Rio de Janeiro, o investimento de R$ 175 milhões do Ministério do Turismo nos Jogos Pan-americanos e Parapan-americanos, que serão realizados naquela cidade este ano.

“O Pan deixará um incrível legado para o Brasil, seja na atração de turistas, em infra-estrutura ou em itens como segurança”, comentou o ministro, durante apresentação das ações do MTur para o Pan, na sede do BNDES. O Pan 2007 será realizado de 13 a 29 de julho, enquanto o Parapan ocorrerá de 12 a 19 de agosto, com a participação de 42 países.

Os investimentos do MTur incluem a divulgação do destino Brasil, principalmente do Rio de Janeiro, além da qualificação de 13 mil profissionais em diversas áreas. A reforma e ampliação do Aeroporto Santos Dumont, em parceria com a Infraero, será um dos legados à cidade do Rio de Janeiro – do total de R$ 165 milhões, o Ministério entra com R$ 107 milhões.

De olho no aumento do fluxo de turistas, o MTur aproveita a oportunidade de organizar e receber uma competição de porte internacional, o maior evento esportivo das Américas.

Desde 2005, as ações do MTur, por meio da Embratur (Instituto Brasileiro do Turismo), visam à promoção do Pan 2007 em feiras internacionais. México, Argentina, Chile, Peru, Estados Unidos, Paraguai, Portugal, França, Espanha e Alemanha foram alguns dos países em que o Ministério do Turismo atuou com peças informativas e promocionais para divulgação do Pan e Parapan no Rio de Janeiro.

No mesmo ano também começaram alguns dos programas desenvolvidos com parceiros, como o Programa Alimento Seguro no Turismo. Encerrado no final de 2005, o treinamento, que visa cuidados higiênico-sanitários na produção e manipulação de alimentos, beneficiou cerca de 500 ambulantes no entorno das competições disputadas em praias (Copacabana, Leme e Flamengo).

Para o Programa de Requalificação do Destino Rio de Janeiro, o Ministério do Turismo destinou R$ 5,3 milhões. Serão qualificados 6.500 profissionais: 2 mil taxistas e condutores de transporte, mais 3 mil empregados de bares, restaurantes, hotéis, quiosques e profissionais do comércio varejista, além de 1,5 mil agentes da Guarda Municipal, todos aptos a participar do programa que é fruto de parceria com a Prefeitura do Rio de Janeiro.

Na área social, dois programas se destacam: o primeiro, "Trilha Jovem", projeto de educação profissional realizado pelo Ministério do Turismo para 360 jovens, entre 16 e 24 anos, de comunidades carentes cariocas. Conceitos de cidadania, competência básica para o trabalho e empreendedorismo formam a base dos cursos oferecidos.

Na mesma linha, o outro programa oferece cursos para formação profissional a jovens de baixa renda da Central Única de Favelas (CUFA). Aulas de audiovisual, corte, costura e serigrafia (moda hip-hop), além de cursos de gastronomia, produção de fantasias, adereços para o Carnaval e realização de eventos vão ocupar mais de 1.200 alunos de Acari, Complexo do Alemão, Madureira e Cidade de Deus.

Um livro-catálogo para divulgação de produtos hip-hop assim como dois documentários produzidos pelos jovens dessas comunidades estão entre as ações no investimento de R$ 1,5 milhão do MTur, com R$ 120 mil da CUFA para a infra-estrutura e compra de equipamentos.

A atenção ao turista e comitivas estrangeiras é o foco do programa Sistema de Comunicação. O atendimento será feito de central multilingüe – idiomas: inglês, francês e espanhol, com posições de atendimento das quatro operadoras de telefonia móvel da cidade.

Junto com a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), o Ministério do Turismo desenvolve o projeto-piloto com taxistas do Rio de Janeiro para aperfeiçoar a recepção aos atletas e visitantes na Cidade Maravilhosa.

Durante a apresentação de hoje, no BNDES, o presidente do COB (Comitê Olímpico Brasileiro), Carlos Arthur Nuzman, agradeceu o apoio do MTur. “Tem sido fundamental o trabalho que a equipe do ministro Walfrido dos Mares Guia presta ao Pan.

Da mesma forma, o ministro Orlando Silva (Esporte), pela forma efetiva e, principalmente, pela objetividade. No momento em que precisamos de decisões rápidas, está sendo fundamental a participação dos dois”.

Estavam presentes à reunião o ministro do Esporte, Orlando Silva, além do secretário-executivo do MTur, Márcio Favilla, da secretária nacional de Programas e Desenvolvimento do Turismo, Maria Luisa Leal, o secretário nacional de Políticas do Turismo, Airton Pereira, e a presidente da Embratur, Jeanine Pires.

Fonte: AssCom Ministério do Turismo

Del Valle Editoria

Contato: vininha@vininha.com

Site: www.animalivre.com.br

  
  

Publicado por em