Ministra chama atenção para mercado novo

Na abertura do Fórum , Marta anuncia estado como prioritário em apoios http://www.bj.inf.br/get_imagem_conteudo.php Marta destacou o crescimento do turismo e apoio aos salões regionais RIBEIRÃO PRE

  
  

Na abertura do Fórum , Marta anuncia estado como prioritário em apoios

http://www.bj.inf.br/get_imagem_conteudo.php

Marta destacou o crescimento do turismo e apoio aos salões regionais

RIBEIRÃO PRETO –

O maior pólo emissivo e receptivo do turismo brasileiro precisa sim, “e precisa muito”, do apoio do Ministério do Turismo para uma nova etapa em conjunto de desenvolvimento do turismo brasileiro. Sob aplausos de autoridades e público que participaram da sessão inaugural do primeiro Fórum Estadual sobre “O Destino do Turismo no Estado de São Paulo”, no centro de eventos do Hotel JP, em Ribeirão Preto, a ministra Marta Suplicy garantiu apoio para a realização dos salões regionais, insistiu com o secretário estadual Claury Alves para uma ação mais coordenada e conjunta junto ao Ministério e já definiu o estado como prioridade em dois projetos da maior importância no desenvolvimento daquele que projetou como novo mercado.

Um deles terá por base a região de Ribeirão Preto na área de negócios e eventos, um modelo nacional que será desenvolvido com intensa participação dos Conventions.

Com lançamento em agosto, o

projeto-piloto do crédito consignado para aposentados será iniciado no estado.

A ministra informou que após o seu despacho com o presidente Lula no meio desta semana, recebeu autorização para avançar nos estudos visando a utilização de recursos do FAT como meio de diminuir ainda mais os juros nos empréstimos para incentivos de viagem pelo Brasil. Será uma das prioridades do Plano Nacional de Turismo a ser apresentado no dia 14 de junho. “Temos que ter o olhar para absorver a massa de imigração interna para o setor. Ampliar tudo isso com o começo da inclusão social e criar condições para tal'.

Na coletiva que antecedeu a abertura do Fórum, a ministra reiterou a necessidade de agilizar planos e ações para a massa que está entrando

e vai aumentar o consumo do turismo, o que leva a uma prioridade nacional para o desenvolvimento estrutural do turismo. “Temos que ter musculatura interna”, afirmou Marta, acentuando que “o turismo no Brasil precisa ser po-pu-la-ri-za-do...”, - fez questão de frisar a palavra.

No pronunciamento da sessão inaugural, a ministra expôs linhas gerais da atuação que pretende encaminhar no ministério, sobre as companhias aéreas, destacando algumas boas novidades em vôos internacionais - a TAP para Brasília, American e Delta para o Nordeste - e a aprovação por parte da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara sobre a matéria de liberalização de vistos, conclamando todo o setor a se unir nos esforços em busca desta aprovação. “Se conseguirmos, a possibilidade de crescimento do turismo brasileiro será maior ainda”, antecipando que os próximos números de aumento

terão uma agradável perspectiva, de 6% a 7%.

Marta foi homenageada com a placa-título de “sócia honorária” da Federação, indicando que esta foi a primeira homenagem que recebe como ministra do Turismo.

O Fórum que teve início hoje pela manhã e se estende durante todo o sábado, depois dos pronunciamento de abertura e inauguração, entrou na fase de debates com o tema inicial sobre “Turismo Aventura”.

O evento, com promoção da Federação dos Conventions do Estado de São Paulo, tem o apoio do Sebrae-SP, Fiesp/Ciesp, Ministério do Turismo e do Brasilturis Jornal. Conta com a presença de autoridades, dirigentes regionais, profissionais do setor, prefeitos, e secretários de turismo de vários municípios do interior paulista.

Antonio Euryco

Fonte: Brasil Turis

  
  

Publicado por em