Ministra do Turismo participa do 27º Encontro Comercial da Braztoa

http://institucional.turismo.gov.br/portalmtur/export/sites/default/institucional/imagens/IMG_9393_gr.jpg A ministra do Turismo, Marta Suplicy, participa nesta quinta-feira (29) do 27º Encontro Comercial da Associação Brasil

  
  

http://institucional.turismo.gov.br/portalmtur/export/sites/default/institucional/imagens/IMG_9393_gr.jpg

A ministra do Turismo, Marta Suplicy, participa nesta quinta-feira (29) do 27º Encontro Comercial da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa) no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo. No evento, que deverá reunir cerca de dois mil agentes de viagem, serão apresentadas as novidades em pacotes e serviços turísticos para a temporada 2007/2008. Segundo a Braztoa, a estimativa de volume de negócios é de cerca de R$ 3,4 bilhões.

Durante o evento agentes de viagens de todo o País terão a oportunidade de conhecer detalhes de dois programas coordenados pelo MTur: “Aventura Segura” e “Bem Receber”. Ambos serão apresentados pela coordenadora-geral de Qualificação e Certificação, Tânia Arantes, a partir das 15 horas, no estande do ministério. Segundo ela, os dois programas dão ênfase à qualificação de profissionais e gestores que atuam nesses segmentos, com objetivo de promover a segurança e sustentabilidade nos empreendimentos.

O programa “Aventura Segura” é resultado de uma parceria do MTur com a Associação Brasileira das Empresas de Turismo de Aventura (Abeta). Engloba diversas ações como oficinas, palestras, elaboração de planejamento estratégico e cursos específicos que abordem temas como segurança e associativismo voltados a gestores, empresários e demais profissionais envolvidos. De acordo com a Abeta, o segmento emprega, de forma direta, 15 mil profissionais, em mais de 200 cidades brasileiras.

Já o programa “Bem Receber” desenvolve ações para ampliar a sustentabilidade e competitividade da cadeia produtiva do turismo. Sua meta é atender a 30 destinos turísticos do País, entre os quais Serra do Cipó, Vilas e Fazendas, ambos em Minas Gerais, e Itacaré, na Bahia. Mais de 160 micro e pequenas empresas e 6 mil profissionais serão atendidos, por meio de assistência técnica e cursos de qualificação profissionais desses empreendimentos, a fim de melhorar a qualidade do serviço prestado ao turista e a sustentabilidade dos meios de hospedagem.

_____
Fonte: Ministério do Turismo

  
  

Publicado por em