Australis oferece duas noites gratuitas em hotéis na Patagônia

A promoção é oferecida para quem viajar em cabine dupla no mês de dezembro em roteiros de três ou quatro noites

  
  
Imagens de turistas

A Cruceros Australis (www.australis.com), companhia de navegação com rotas na Patagônia e na Terra do Fogo, oferecerá duas noites gratuitas nos hotéis Cabo de Hornos, de Punta Arenas, ou Costaustralis, de Puerto Natales. Os turistas que contratarem cruzeiros de três ou quatro noites, para embarques no mês de dezembro, participam automaticamente da promoção.

O primeiro itinerário sugerido é o de três noites que parte de Ushuaia (Argentina) com destino a Punta Arenas (Chile), com saídas em 5, 9 e 12 de dezembro. Já a rota inversa, com duração de quatro noites, tem saídas nos dias 1º, 8 e 12. A cortesia nos hotéis é uma ótima oportunidade para quem pretende estender a viagem e conhecer melhor a Patagônia Chilena, com destaque para o Parque Nacional Torres del Paine.

O trajeto dos navios Australis repete a saga dos primeiros exploradores do extremo sul do continente americano. Os roteiros incluem regiões como o Estreito de Magalhães, Canal Beagle e o mítico Cabo Horn, último território da América do Sul. As luxuosas embarcações ainda navegam entre canais cercados de geleiras, como as da Cordilheira Darwin, e permitem excursões diárias para observação da fauna patagônica e da Terra do Fogo, com acesso às colônias de elefantes marinhos e pinguins magalhânicos.

Todas as cabines são amplas e confortáveis, com grandes janelas com vista para o exterior, possibilitando observar a paisagem. A visão panorâmica também pode ser admirada pelas amplas vidraças nos salões e no restaurante, que recebe seus hóspedes com gastronomia internacional e regional, além de vinhos argentinos e chilenos. Há também entretenimento a bordo, como palestras sobre fauna, flora, glaciologia e história da região, quizzes e outras atividades.

Mais informações podem ser obtidas no site www.australis.com ou com os principais operadores de turismo brasileiros.

Fonte: AD Comunicação & Marketing

  
  

Publicado por em