Temporada de neve começa no coração dos Alpes Suíços

A bela região de Interlaken é o destino certo para quem quer esquiar em um lugar ainda pouco conhecido pelos brasileiros

  
  
Jungfrau Railway entering Kleine Scheidegg Station

Um paraíso dos esportes de neve que vem sendo mantido em segredo por esquiadores e snowboarders de todas as partes da Europa e Ásia. Assim é a região de Interlaken, localizada no coração dos Alpes Suíços e que abriga três estações de esqui: Kleine Scheidegg – Mannlichen, Grindelwald-First e Murren-Schilthorn, abertas de novembro a abril.

Assim como grandes centros invernais do país como Zermatt e Verbier, velhos conhecidos dos brasileiros, as três áreas de Interlaken oferecem atendimento primoroso, excelente neve e instrutores de primeira linha, tanto para crianças e iniciantes quanto para atletas experientes. Um dado curioso é que é possível chegar ao começo de boa parte das pistas a bordo dos charmosos trens da companhia local Jungfrau Railways (www.jungfrau.ch).

Kleine Scheidegg – Mannlichen conta com 110 quilômetros de pistas e 19 meios de elevação, além de um cenário de tirar o fôlego, formado pelas montanhas Eiger, Monch e Jungfrau. É lá que acontece anualmente o Snowpenair, um grande festival de música ao ar livre, em meio à neve.

Já Grindelwald-First, com seus 50 quilômetros de pistas e 8 meios de elevação, é o destino certo para os mais radicais. O local conta com um completo snowpark, o www.white-elements.ch, onde há diversos obstáculos e superpipes, ideais para aqueles que querem saltos e fortes emoções. Há ainda 55 quilômetros de trilhas para caminhadas na neve.

Por fim, Murren-Schilthorn é o mais exclusivo centro, que atende tanto a iniciantes quanto a experientes esquiadores e snowboarders. São 54 quilômetros de pistas, 13 meios de elevação e restaurantes onde é possível deliciar-se com a alta gastronomia suíça.

Para quem quiser experimentar as três áreas, a melhor pedida é um passe único que dá direito a todos os meios de elevação. Trata-se do Jungfrau Sportpass, que custa a partir de US$ 81 euros por dois dias de atividades.

A hospedagem pode ser feita tanto na cidade de Interlaken, onde há diversos hotéis - que vão dos mais luxuosos como o Victoria Jungfrau até os econômicos -, quanto nas vilas que circundam as estações. Nestas também é possível encontrar inúmeros restaurantes, bares, cafés e lojas.

Nas horas vagas, os visitantes podem fazer um passeio até a estação de trem mais alta da Europa, a Jungfraujoch, localizada a 3.454 metros. O trajeto leva duas horas em meio às paisagens mais deslumbrantes da Suíça e, uma vez no topo, pode-se almoçar em um dos restaurantes, observar a vista panorâmica ou conhecer o Palácio de Gelo.

Diversas operadoras de turismo brasileiras oferecem roteiros para Interlaken. Mais informações podem ser obtidas nos sites www.interlaken.ch e www.jungfrauwinter.ch.

Fonte: AD Comunicação & Marketing

  
  

Publicado por em