Peru pode ter observatório solar mais velho das Américas

São Paulo - Treze torres expostas alinhadas em direção norte-sul ao longo de uma pequena montanha na costa do Peru há anos intriga os cientistas. Elas ficam dentro de um complexo cerimonial que data do século 4 a.C. e at

  
  

São Paulo - Treze torres expostas alinhadas em direção norte-sul ao longo de uma pequena montanha na costa do Peru há anos intriga os cientistas. Elas ficam dentro de um complexo cerimonial que data do século 4 a.C. e até recentemente não se sabia muito bem qual papel elas exerciam para o povo que ocupava a região naquela época. Novos estudos sugerem que as torres de Chankillo provavelmente são o mais antigo observatório solar das Américas.

Quando observadas por construções adjacentes que ficam a oeste (de modo que seja possível ver o leste), as torres formam uma linha dentada em relação ao horizonte que reproduz aproximadamente a posição do nascer e do pôr-do-Sol ao longo do ano.

O pesquisador Ivan Ghezzi, da Pontifícia Universidade Católica do Peru, e o colega Clive Ruggles, da Universidade de Leicester, no Reino Unido, que publicarão a pesquisa na próxima edição da revista Science, defendem que a construção evidencia a existência de uma sofisticada cultura solar cerca de 2.000 anos antes dos incas construírem seus pilares em Cuzco. Com aquele tipo de observação do horizonte, a dupla acredita que essa sociedade já conseguia operar formas rudimentares de calendários. (Giovana Girardi)

FONTE: Agência Estado

  
  

Publicado por em