Programa de Responsabilidade Ambiental da ABIH o Hóspedes da Natureza ganha novo formato

A conscientização da sociedade em relação ao meio ambiente vem contribuindo de forma significativa para o crescimento da demanda de um outro tipo de turismo, que respeite as diferenças, que ofereça o específico e que utilize de forma sustentável os recur

  
  

A conscientização da sociedade em relação ao meio ambiente vem contribuindo de forma significativa para o crescimento da demanda de um outro tipo de turismo, que respeite as diferenças, que ofereça o específico e que utilize de forma sustentável os recursos naturais e culturais.

Neste objetivo a ABIH –Associação Brasileira da Indústria de Hotéis assumiu a responsabilidade de fomentar a gestão ambiental no Parque Hoteleiro Brasileiro, e no ano de 2001 adquiriu os direitos de tradução e adaptação do Environmental Action Pack, que se constitui em um manual prático de adequação ambiental produzido pela International Hotel Environment Initiative/ IHEI, com sede em Londres. Nesse mesmo ano, a partir do contato internacional, foi criado no Brasil o Programa de Responsabilidade Ambiental Hóspedes da Natureza/PHN.

Em abril de 2002, a ABIH decidiu fazer uma total reestruturação do programa e firmou contrato com o Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade. As modificações realizadas no Programa original tiveram como objetivo, além de uma melhor adequação à realidade brasileira, proporcionar uma maior flexibilidade que favorecerá a adesão de novos empreendedores.

Algumas questões relacionadas à responsabilidade social foram acrescentadas à nova edição do Programa. Essa inserção justifica-se pois, contemporaneamente,
ações de proteção ambiental não devem estar desvinculadas de ações relativas à qualidade de vida das pessoas: do ponto de vista sistêmico, ambas estão sempre relacionadas.

Quando abordada a questão social na hotelaria é importante enfatizar que todos os públicos de interesse devem estar envolvidos, tanto o interno (diretamente relacionados as atividades do empreendimento), quanto o
externo, ou seja, fornecedores, hóspedes e comunidades do entorno.

Segundo o presidente da ABIH Nacional, Luiz Carlos Nunes , o Programa tem por objetivos utilizar a adequação ambiental do parque hoteleiro como ferramenta de marketing para a promoção dos destinos nacionais junto aos principais centros emissores internacionais; capacitar a mão-de-obra local; reintegrar o destino Brasil ao cenário Internacional do Turismo; permitir que a postura ambiental da hotelaria contribua positivamente para a imagem dos nossos destinos; promover a visão do Turismo Sustentável que considera o uso racional do patrimônio natural e construído, e reduzir o custo operacional do parque hoteleiro, através dos conceitos de gestão ambiental.

Para atingir as metas do Programa Hóspedes da Natureza – reduções de 30% do consumo de água, de 25% de resíduos sólidos, de 15% no consumo de gás e economia de até 30% no consumo de energia elétrica.”

Esse programa além de difundir o conceito de sustentabilidade da atividade hoteleira, busca do equilíbrio entre a oferta e a demanda, a redução, e se possível, a eliminação de todos os tipos de desperdícios, dentre os quais o de potencial humano”, enfatiza Nunes.

O Programa Hóspedes da Natureza já qualificou com a outorga dos Selos ABIH de Comprometimento Ambiental, quatro hotéis de Foz do Iguaçu, que fizeram parte do Projeto Piloto. São eles: Albergue da Juventude Paudimar; Hotel Continental Inn; Mabu Thermas & Resort; e Recanto Park Hotel.

O mais novo agraciado com o selo foi o Hotel Praiatur, de Florianópolis e a cerimônia de entrega foi realizada durante 17º Encatho - Encontro Catarinense de Hoteleiros, que aconteceu de 19 a 21 de junho, em Jaraguá do Sul, Santa Catarina.

Fonte: Amazonas Press Assessoria & Comunicação

  
  

Publicado por em

Lorena Despucches

Lorena Despucches

25/04/2009 18:07:54
Utilizar de forma sustentavel os recursos naturais no privado, no publico e nas empresas è o caminho mais recomandavel para um futuro de desenvolvimento não agressivo mais sim construtivo, ecologicamente e economicamente viavel.

RONALDO DE OLIVEIRA SANTANA

RONALDO DE OLIVEIRA SANTANA

05/09/2008 13:56:05
ACHO QUE TUDO QUE É CRIADO PARA O BEM DA NATUREZA É SEMPRE BEM VINDO, E GOSTARIA DE SABER SE ESSE PROGRAMA TEM VINCULO COM A FUNDAÇÃO JOÃO PAULO SEGUNDO........