Projeto Excelência em Turismo realizou visita técnica na Espanha

Como encerramento das viagens técnicas do projeto Excelência em Turismo, Aprendendo com as Melhores Experiências Internacionais 2006, um grupo de profissionais do turismo brasileiro para a Espanha, última viagem prevista para o ano. Sob o foco

  
  

Como encerramento das viagens técnicas do projeto Excelência em Turismo, Aprendendo com as Melhores Experiências Internacionais 2006, um grupo de profissionais do turismo brasileiro para a Espanha, última viagem prevista para o ano. Sob o foco do Turismo de Eventos Culturais e Esportivos, os participantes visitaram, até o dia 24 de outubro, as cidades de Valência, Zaragoza e Barcelona.

Fazem parte da missão nove representantes de agências de receptivo local, meios de hospedagem e empresas de eventos, de sete Estados brasileiros, além dos seis integrantes da equipe técnica, formada por consultores e especialistas do Sebrae, da Embratur e do Ministério do Turismo.

O consultor de benchmarking Eduardo Fayet, que no dia 16 realizou o treinamento com o grupo antes do embarque, ainda no Brasil, destaca a importância do “olhar empresarial” na captação de informações durante a viagem. “A primeira busca de dados já foi realizada pelos técnicos, mas a capacidade dos empresários de identificar a melhor prática e adequar à realidade brasileira é insubstituível”, afirma.

O objetivo maior da visita é a possibilidade de aplicação das experiências percebidas durante a viagem, a partir do conhecimento prático dos profissionais e o apuro teórico dos consultores. “O resultado desta experiência participativa é muito importante”, completa.

Durante a visita técnica, o grupo poderá conhecer e participar de discussões sobre organização e divulgação de alguns importantes eventos ligados ao turismo local. Entre as reuniões agendadas estão três com os Convention & Visitors Bureau de cidades da Espanha, para troca de experiências e impressões.

Outros encontros trarão informações sobre a execução, e posterior utilização pelo mercado turístico, de eventos de grande porte e atrativos como a tradicional festa das Fallas, corridas no Autódromo de Valência, a ExpoZaragoza 2008 e o Futebol Clube Barcelona.

“Esta viagem à Espanha busca experiência na organização de eventos em locais diferenciados, como museus, por exemplo”, afirma Vaniza Schüller, consultora técnica. “Estas práticas estão chegando agora ao Brasil e procuramos o melhor aproveitamento das oportunidades de negócios, criação de produtos e formas de vendas das estruturas que já existem”, completa.

Destino:

A Espanha é o segundo país do mundo que mais recebe turistas estrangeiros, mostram os dados da Organização Mundial de Turismo, ficando atrás somente da França, e tem uma cota de 7% do turismo mundial, à frente dos Estados Unidos e Itália. A Espanha recebeu um total de 52,5 milhões de turistas estrangeiros de janeiro a outubro de 2005, apresentando um crescimento anual de 6,2%.

Segundo as previsões da Organização Mundial de Turismo, haverá um crescimento médio de 5% ao ano do turismo de estrangeiros na Espanha. A projeção é para os próximos 20 anos, fazendo com que o País venha a receber 75 milhões de turistas no ano 2020, quase 20 milhões a mais do que os recebidos em 2005.

A Espanha atualmente é o terceiro país no ranking que recebe o maior número de eventos anualmente, com 275 ocorrências. O Brasil subiu para o 11º lugar nesta medição em 2005, graças a um investimento da Embratur na informação dos eventos à ICCA – Associação Internacional de Congressos e Convenções. Nas Américas, o lugar que mais recebe eventos internacionais é a cidade do Rio de Janeiro, com 39 ocorrências/ano.

O projeto

O Excelência em Turismo é uma parceria entre o Ministério do Turismo, por meio da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e da Braztoa (Associação Brasileira das Operadoras de Turismo), responsável pela execução do projeto.

Desde 2005, quando o projeto foi criado, já foram realizadas outras nove viagens internacionais para estudo das melhores práticas no turismo, que passaram, em 2005, pela Costa Rica (ecoturismo), Peru (ecoturismo e turismo cultural), México (mergulho), Nova Zelândia (aventura), Espanha (histórico e cultural) e Argentina (pesca esportiva), e em 2006 na África (ecoturismo e aventura), Caribe (sol e praia), Estados Unidos (eventos e entretenimento)

Os nove participantes da viagem à Espanha são Afrânio Duarte Basso, da Bela Vista Parque Hotel (Caxias do Sul/RS), Alexandre Ferreira Marinho, da Veneza Tur Pesca e Turismo (Corumbá/MS), Irenilta Karasek, do Hotel Renar (Fraiburgo/SC), Marcelo Miranda, da MM Produções Estrutura de Eventos (Porto Seguro/BA), Marcus Paixão Pavani, da Andarilhos da Luz (Belo Horizonte/MG), Maria Lúcia Opala Vieira, da Opalatur (Florianópolis/SC), Mauro César Noskowski, do Mundo do Vinho (Bento Gonçalves/RS), Rodrigo Fernandes Vieira, da Odyssey South América (São Paulo/SP) e Sandra Rodrigues, da Sacada Turismo (São Luís/MA). Os integrantes da equipe técnica são Vaniza Schüller, consultora, Anya Ribeiro, do Ministério do Turismo, Flávia Malkine, da Embratur, Valéria Barros, do Sebrae, Vitor Cid, da Embratur, que também representa a Braztoa, e o cinegrafista Marcelo Kron.

Fonte: MVL Comunicação

Del Valle Editoria
Contato: vininha@vininha.com

  
  

Publicado por em