Brasil tem mais uma praia certificada com a Bandeira Azul

É um selo de caráter socioambiental amplamente reconhecido em todo mundo.

  
  

Mais uma praia brasileira hasteará a Bandeira Azul em suas areias. A certificação, mundialmente reconhecida como sinônimo de preservação de costas marinhas, foi concedida à Prainha, um reduto do surf no Rio de Janeiro. Com a inclusão, o país conta agora com duas praias e uma marina certificadas pelo programa.

O Júri Internacional do Programa Bandeira Azul, reunido no dia 28 de setembro, em Copenhagen (Dinamarca), divulgou a certificação após analisar as candidaturas de praias e marinas do Hemisfério Sul, temporada 2012/2013.

Todos os três candidatos inscritos pelo Brasil foram aprovados. São eles: a Praia do Tombo (Guarujá/SP) e a Marina Costabella (Angra dos Reis/RJ), que recebem a certificação pelo terceiro ano consecutivo, e a Prainha (RJ), pela primeira vez.

O Programa Bandeira Azul, que já certificou mais de 3,8 mil praias e marinas em 46 países, é um selo de caráter socioambiental amplamente reconhecido em todo mundo.

Para obtê-lo, é preciso atender a 29 critérios estabelecidos, tais como educação e informação ambiental; qualidade da água de banho; gestão ambiental; segurança e serviços. A certificação existe, no mundo, há 25 anos. No Brasil, chegou em 2006.

A coordenadora do Programa Bandeira Azul no Brasil, Leana Bernardi, do Instituto Ambiental Ratones, explica que a ação tem o objetivo de elevar o grau de conscientização da sociedade sobre a necessidade de se proteger o ambiente marinho e costeiro.

O Bandeira Azul é desenvolvido pela Organização Não-Governamental Internacional Fundação para a Educação Ambiental (FEE) e tem o Ministério do Turismo como integrante do júri nacional.

Visite: www.revistaecotour.com.br
Fonte: MTur

  
  

Publicado por em