Brasil tem primeira praia com certificação sócio-ambiental

Jurerê Internacional, em Florianópolis (SC), recebeu o selo Bandeira Azul depois de cumprir critérios nas áreas de educação ambiental, segurança e qualidade da água e meio ambiente costeiro

  
  

O Brasil entrou neste domingo (29) para o seleto grupo de países com praias certificadas, quando uma bandeira azul foi fincada em Jurerê Internacional, na ilha de Florianópolis (SC). A praia catarinense é a primeira da América do Sul a ostentar o selo Bandeira Azul, uma certificação sócio-ambiental para o litoral concedida pela Foundation for Environmental Education (FEE).

Em todo o mundo são 3,2 mil marinas e praias certificadas por essa organização não governamental, atualmente com sede na Dinamarca. A FEE é composta por uma rede de 59 países de todos os continentes. “Points” internacionais como a região do Algarve (Portugal), Ibiza (Espanha) e Côte D´Azur (França) são alguns dos locais onde a bandeira azul tremula.

“Para receber o selo, os candidatos devem cumprir diversos critérios nas áreas de educação ambiental, informação e sinalização de segurança aos usuários, e de qualidade da água e do meio ambiente costeiro”, explica Marinês Scherer, do Instituto Ambiental Ratones (IAR), coordenadora do programa Bandeira Azul no Brasil.

No Brasil, que se agregou à FEE há dois anos, o projeto Bandeira Azul funciona em fase experimental. Inicialmente foram selecionadas 10 praias e depois da avaliação apenas 5 continuaram no páreo. Duas em Santa Catarina, 2 em São Paulo e 1 no Espírito Santo. Os principais motivos de eliminação do processo, segundo Scherer, dizem respeito à qualidade da água, devido ao lançamento de esgotos, e ocupações irregulares na orla.

O selo tem validade de um ano. Pode ser renovado depois de nova avaliação e aprovação do júri nacional e internacional, do qual faz parte o Ministério do Turismo.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em