Olá, Turista! chega ao Rio Grande do Norte

Anúncio foi feito pelo ministro do Turismo, Luiz Barretto, em visita a Natal, nesta quarta-feira

  
  

Os profissionais de Turismo do Rio Grande do Norte poderão, a partir de agora, participar do programa “Olá, Turista!”, uma iniciativa do Ministério do Turismo (MTur) em parceria com a Fundação Roberto Marinho, que oferece cursos online gratuitos de inglês e espanhol. O anúncio foi feito pelo ministro do Turismo, Luiz Barretto, na manhã desta quarta-feira (24), em Natal (RN).

“Teremos quatro anos pela frente para aproveitar a oportunidade de melhorar os serviços, a infraestrutura e os equipamentos turísticos no Brasil. Com este programa, vamos aprimorar a nossa capacidade de comunicação com o mundo, eliminando a barreira dos idiomas espanhol e inglês”, destacou Barretto. O projeto prevê a capacitação de 80 mil profissionais das cidades onde serão realizados jogos da Copa do Mundo de 2014.

A gerente de Tecnologia Educacional da Fundação Roberto Marinho, Elaine Birman, lembrou do projeto-piloto do programa, realizado em 2009, e que serviu para aprimorar os métodos que agora estão sendo utilizados. “Hoje, o programa já está em seis cidades-sede, com mais de 30 mil alunos sendo capacitados”, informou Eliane.

O curso é composto pelos módulos básico, profissional e regional. Os alunos que cumprirem os módulos obrigatórios - que poderão ser concluídos no período de um ano -, receberão certificado. O Olá, Turista! prevê também parceria com telecentros locais, para facilitar aos participantes o acesso à internet.

No site do programa, esses parceiros estarão mapeados como colaboradores. Nos telecentros parceiros, chamados Salas de Conexão, os alunos que desejarem terão ainda suporte técnico de monitores para acessar a escola virtual.

Qualificação – Destacada pelo ministro Barretto como um dos principais eixos do Ministério do Turismo na preparação para a Copa do Mundo de 2014, a qualificação profissional receberá investimentos de R$ 440 milhões nos próximos anos, com o objetivo de preparar mais de 300 mil profissionais para o evento.

“Esse é um projeto com foco nas pessoas e que valoriza a mão-de-obra, o nosso grande diferencial. Formar capital humano é valorizar a imagem do Brasil”, concluiu o ministro.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em