Prodetur qualifica empresários e profissionais de Pernambuco

O Programa de Qualificação Profissional e Empresarial do MTur capacitará 940 empresários e 6.160 pessoas, entre profissionais do setor e a população de Pernambuco

  
  
Fernando de Noronha, distrito do Pólo Costa dos Arrecifes, contemplado pelo projeto.

O Programa de Qualificação Profissional e Empresarial do Ministério do Turismo (MTur) capacitará 940 empresários e 6.160 pessoas, entre profissionais do setor e a população dos municípios de Olinda, Recife, Cabo de Santo Agostinho, São José da Coroa Grande, Barreiros, Tamandaré, Rio Formoso, Sirinhaém, Ipojuca, Paulista, Igarassu, Itapissuma, Ilha de Itamaracá, Goiana, Jaboatão dos Guararapes e o Distrito Estadual de Fernando de Noronha. O início das aulas está previsto para setembro.

O objetivo, segundo o diretor do Departamento de Programas Regionais de Desenvolvimento do Turismo, Edimar Silva, é elevar o nível de eficiência na prestação de serviços turísticos por meio do desenvolvimento e aperfeiçoamento de competências necessárias aos profissionais do setor no Pólo Costa dos Arrecifes, em Pernambuco.

O projeto está entre as ações do Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur). A qualificação empresarial conta com investimentos de R$ 446,2 mil do MTur. “A meta é a de dotar os empresários de novas ferramentas de gestão de negócios turísticos, além de conscientizá-los para a importância de se envolverem no processo da qualificação dos profissionais que atuam em seus empreendimentos”, explica Silva.

Já para a qualificação profissional, o MTur destinará R$ 2,5 milhões para a capacitação de trabalhadores dos segmentos de alimentos e bebidas e meios de hospedagens. O restante das vagas será destinado às pessoas que estão fora do mercado de trabalho, visando inseri-las no setor.

Entre os cursos oferecidos para a qualificação profissional estão os de Informações Turísticas e Inglês para o Turismo. Além disso, o programa prevê cursos específicos de Planejamento Turístico, Recepcionista, Recreadores, Supervisores de Serviços em Transporte, Turismo, Hotelaria e Administrativos (Receptivos), Assistente de Turismo, Mordomos e Governantas, Cozinheiros, Camareiros e Garçons, Barman e Sommeliers. O programa terá duração de 240 dias.

Os cursos foram elaborados com base nos resultados de pesquisa realizada no Pólo Costa dos Arrecifes. “Ações como essa só contribuem para tornar o Pólo um destino competitivo”, conclui.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em

Silvânia Monteiro

Silvânia Monteiro

16/02/2010 10:17:27
É de qualificação que o brasileiro precisa para tornar-se um bom profissional em qualquer área. Pois na área de turismo é mais importante ainda porque ele vai representar a parte de recepção do Brasil, mostrando as belezas do país e a hospitalidade brasileira.