Qualificação muda a vida de trabalhadores e empresários potiguares

Curso de Capacitação Empresarial e Profissional, promovido pelo MTur no RN, promove inclusão social e permite a melhoria dos serviços turísticos no estado

  
  

Menos tímido. É assim que o garçom Tomas Andre de Freitas se sente, após ter feito o curso de Capacitação Empresarial e Profissional, em Natal (RN). “E menos timidez significa mais desenvoltura para atender e compreender o que o cliente necessita”, explica. Funcionário de uma churrascaria em Extremoz, região metropolitana da capital potiguar, ele também fez curso de espanhol e estuda para passar no vestibular de Direito.

Casado há seis anos e pai de uma menina com 5, Tomas é um dos 940 formandos do Curso de Capacitação Empresarial e Profissional, promovido no Rio Grande do Norte pelo Ministério do Turismo, Governo do Estado do RN e SENAC – RN. Cada curso tem a duração de um ano, e receberam um investimento total de R$ 3,1 milhões.

“Sabemos que quanto mais bem preparada a mão-de-obra estiver, mais retorno terá a economia local, beneficiando e incentivando também seus colaboradores a ampliar seus conhecimentos”, disse o ministro do Turismo, Luiz Barretto, durante a formatura desses alunos, realizada na manhã desta quarta-feira (24) no Centro de Convenções de Natal.

Os cursos em Qualificação Empresarial contemplam áreas como gestão empresarial, inglês, italiano, espanhol, informática e artesanato. Já a qualificação profissional, abrange cursos de garçom, barman, camareira, administração hoteleira, recepcionista de hotel, organizador de eventos, cozinheiro, recreador, confeiteiro, orientador de turismo, qualidade no atendimento, relações humanas, manipulação segura de alimentos, inglês, espanhol, italiano, artesanato, informática e português.

“Perdi um emprego bom tempos atrás, porque eu não tinha o curso de garçom”, conta Helga Raquel de Carvalho, outra formanda. “Participei de um processo seletivo, cheguei até a última etapa, mas não fui selecionada, pois não tinha o curso nem condições financeiras para fazer”, explica Helga, com um sorriso no rosto, e com a certeza de que agora terá a chance que tanto sonha. “Trabalho em uma barraca de praia, e quero muito trabalhar em um restaurante, onde eu possa colocar em prática tudo o que eu aprendi”, diz a formanda.

Os cursos também são voltados para os empresários do setor de turismo. Márcia Cristina Bassan é proprietária de uma empresa de voo livre, que na alta temporada chega a fazer 100 decolagens por mês. Ela é uma das formandas do curso de Gestão Empresarial. “Aprendemos como melhor utilizar o dinheiro que recebemos, como nos planejarmos e gerirmos a nossa empresa com consciência e responsabilidade”. Segundo ela, os clientes também saem ganhando, pois encontram uma empresa que oferece serviços com mais qualidade.

Capacitação – Os cursos foram realizados com 940 empresários e gestores de empreendimentos turísticos dos municípios de Ceará Mirim, Extremoz, Maxaranguape, Nísia Floresta, Tibau do Sul e Touros, localizados no Polo Costa das Dunas, no Estado do Rio Grande do Norte, sendo executado no período de março de 2009 a fevereiro de 2010.

Dando continuidade às ações do programa nesses municípios, teve início a qualificação profissional em julho de 2009 com término previsto para junho de 2010, com o objetivo de capacitar aproximadamente 3.730 profissionais ligados ao turismo e pessoas desempregadas que queiram atuar no setor.

O foco do programa são os profissionais que atuam na área de turismo e hospitalidade, e, havendo disponibilidade de vagas, essas serão destinadas a pessoas desempregadas em busca de oportunidade de trabalho na área e jovens a partir de 16 anos em situação de risco e exclusão social.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em