Turismo: franquias em alta no país

A inauguração de 192 novas franquias de negócios de turismo, em 2011, mostra que os serviços do setor estão em alta no Brasil

  
  
Copacabana Palace, no Rio de Janeiro

A inauguração de 192 novas franquias de negócios de turismo, em 2011, mostra que os serviços do setor estão em alta no Brasil. De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o faturamento das 864 unidades franqueadas de hotéis e agências de viagem cresceu 85,8% - cinco vezes mais que a média dos demais segmentos.

“O empresário está atento ao crescimento da demanda. Quando os investimentos aumentam, significa que há sinais claros de que a demanda está em evolução”, explica o diretor de Estudos e Pesquisas do Ministério do Turismo, José Francisco Salles Lopes. Segundo ele, apesar do cenário internacional de retração econômica em 2011, o turismo brasileiro bateu todos os recordes em desembarques domésticos, internacionais e em receita cambial.

TENDÊNCIA
O primeiro bimestre de 2012 segue essa tendência de crescimento. Janeiro derrubou todas as marcas do mês na série histórica, em desembarques domésticos (7,46 milhões), desembarques internacionais (950,3 mil) e receita cambial (U$ 661 milhões). Salles Lopes antecipou que os resultados de fevereiro deverão confirmar o ritmo de aceleração do consumo de turismo no Brasil.
Além de faturar mais, ampliar o mercado de consumo e atrair novos investidores, o turismo brasileiro vem assumindo nova colocação na economia nacional.

A soma das riquezas produzidas pelo setor de turismo, no ano passado, superou os R$ 127 bilhões, sob a ótica da oferta. Até 2020, o país deve quase duplicar essa participação. A estimativa do governo federal brasileiro é alcançar a terceira posição entre as economias turísticas mundiais até 2022.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em