Turismo Sustentável e Infância - TSI - qualificará 150 jovens da Paraíba

A inclusão social e o desenvolvimento do turismo como atividade econômica sustentável são os objetivos do projeto de capacitação.

  
  

Aline, Leonardo e Joyciene - jovens paraibanos cheios de sonhos em busca de um futuro melhor. Projeto Inclusão Social com Capacitação Profissional na Grande João Pessoa – a oportunidade esperada. Por meio da ação, 150 jovens entre 16 e 26 anos dos municípios paraibanos de João Pessoa, Santa Rita, Bayeux, Cabedelo e Conde, que vivem em situação de vulnerabilidade social, serão capacitados em cursos na área de turismo. A aula inaugural do projeto será nesta sexta-feira (07/08), às 9h, no Auditório do Ouro Branco Praia Hotel, em João Pessoa (PB). A ação é desenvolvida pelo programa Turismo Sustentável e Infância (TSI) do Ministério do Turismo (MTur) em parceria com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH).

Leonardo Silva, 19 anos, de Santa Rita (PB), aluno do curso de mensageiro justifica a escolha: “eu gosto de trabalhar com comunicação, gosto muito de conversar e ter contato com as pessoas”. Para Silva, o curso será uma oportunidade de “alcançar experiência e crescer”.

Os cursos de Garçom Básico, Camareira, Auxiliar de Cozinha e Mensageiro serão realizados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). As aulas teóricas serão ministradas nas instalações do Senac e a parte prática em hotéis e restaurantes.

Para Aline Santos, 17 anos, de João Pessoa (PB), as expectativas são grandes para o curso de garçonete. “Tenho muito interesse em aprender como atender bem outras pessoas”, conta. Essa expectativa é compartilhada pela jovem Joyciene Maria Silva, 23 anos, também da capital. A jovem comunicativa - aluna do curso de garçonete – gosta da área de atendimento ao público, uma carência da região, segundo ela. Para Silva, atuar em uma área nova e conquistar um lugar no mercado trará mudanças para toda a família. “Vou agarrar com unhas e dentes essa oportunidade”, conclui.

A jovem tem consciência da proposta do TSI: a prevenção e o enfrentamento da exploração sexual de crianças e adolescentes no turismo. “Além dos cursos, teremos palestras sobre o enfretamento da exploração sexual no turismo. Assim, poderemos aconselhar, denunciar e evitar esse mal que atinge nossa região”, declara.

Segundo a coordenadora-geral do TSI, Elisabeth Bahia, a inclusão social e o desenvolvimento do turismo como atividade econômica sustentável são os objetivos do projeto de capacitação. “Ao oferecer oportunidade a esses jovens, estamos fortalecendo o patrimônio de nosso país. Empenho e dedicação, principalmente dos jovens, são fundamentais para o sucesso do projeto”, ressalta.

O investimento do MTur na ação é de R$ 535,162 mil.

Projeto Inclusão Social com Capacitação Profissional – O projeto está entre as ações do programa TSI. O piloto foi lançado, em 2007, em Fortaleza (CE). Na ocasião, 340 jovens entre 16 a 26 anos concluíram a capacitação profissional. Neste ano, outros 120 jovens do Guarujá (SP), Santos (SP) e São Vicente (SP) foram beneficiados pelo projeto. Hoje, dos 460 jovens qualificados no Ceará e São Paulo, 45% estão empregados formalmente.

Além daParaíba, 240 jovens das cidades pernambucanas de Recife, Olinda, Ipojuca e Cabo de Santo Agostinho estão sendo capacitados em cursos na área de turismo.

O projeto conta ainda com 300 jovens de Fortaleza (CE) em formação para atividades culturais e de desenvolvimento do turismo. Outros 100 jovens com necessidades especiais de Limeira (SP) estão sendo selecionados para os cursos na área do turismo.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em

Josy

Josy

17/08/2009 11:57:20
Esse curso é destinado a estudantes? Já foi encerrado?

Equipe EcoViagem

Equipe EcoViagem

Olá Josy, Este curso foi destinado á estudantes, sim! Porém ele já iniciou. A aula inaugural foi realizada no dia 07 de agosto. Sugerimos que você fique de olho para as próximas oportunidades, ok! Agradecemos o contato Equipe EcoViagem