Road Show do Brasil no Reino Unido e EUA reuniu mais de 360 agentes

Com o objetivo de promover e apoiar a comercialização do Destino Brasil em novos centros de mercado onde já atua, o Ministério do Turismo, por meio da EMBRATUR (Instituto Brasileiro de Turismo) e de seus EBTs (Escritórios Brasileiros de Turi

  
  

Com o objetivo de promover e apoiar a comercialização do Destino Brasil em novos centros de mercado onde já atua, o Ministério do Turismo, por meio da EMBRATUR (Instituto Brasileiro de Turismo) e de seus EBTs (Escritórios Brasileiros de Turismo) no exterior, acaba de realizar um Road Show do Brasil por três cidades no Reino Unido e cinco na costa Oeste dos Estados Unidos.

Ao todo, 364 agentes de viagens interessados em conhecer mais sobre o Brasil participaram dos encontros, cujo formato favoreceu o fechamento de negócios.

A etapa britânica, que contou com a participação de 180 agentes, terminou no dia 02/10, na capital da Escócia, Edimburgo. Antes, o Road Show passou pelos dois mais importantes centros de negócios da Inglaterra, Londres (31/10) e Manchester (01/11).

Percorremos cidades que nunca havíamos visitado antes, ampliando o trabalho de divulgação do Brasil no mercado britânico”, avaliou Glauco Fuzinatto, consultor do EBT no Reino Unido, após os encontros.

O diretor de Vendas do SuperClub/Breezes Resorts no Brasil teve retorno imediato. “Já recebemos reservas, o que prova que, além deste evento ter sido uma ótima ação de marketing, também nos trouxe produtividade instantânea. Foi excelente e bem organizado”, disse.

O representante da operadora brasileira Way To Go, que tem escritório na Escandinávia, Mikael Johansson, não discorda: “Eventos como este possibilitam um contato direto com os agentes de viagens e, por isso, faz com que tenhamos grande retorno. Pretendo participar mais vezes”.

Em cada cidade, após apresentação do Destino Brasil, conduzida por Fuzinatto, aconteceu uma rodada de negócios, com mesas para expositores que já vendem produtos turísticos brasileiros receberem os agentes interessados. Houve também espaço para negociações individualizadas dos operadores e entrega de material promocional.

Esta foi a primeira vez que o programa percorreu o território britânico, estrategicamente antes da realização da WTM (World Travel Market), uma das principais feiras de turismo do mundo, que aconteceu em Londres entre os dias 06 e 09/11.

De acordo com o Anuário Estatístico da EMBRATUR, a Inglaterra é o 11º principal mercado emissor de turistas para o Brasil. Em 2005, o País recebeu 169.514 ingleses contra 150.336, no ano anterior.

Costa Oeste dos EUA descobre o Brasil :

Em formato semelhante ao aplicado no Reino Unido e igualmente inédito, o Road Show norte-americano percorreu, entre os dias 24 e 27 de novembro, as seguintes cidades da costa Oeste: Orange County (Costa Mesa), Los Angeles, San Francisco, San Jose (Santa Clara) e Seattle. Promovido pela operadora de Los Angeles, South Star Tours, em parceria com o EBT nos Estados Unidos, atingiu 184 agentes de viagens.

O consultor do EBT para a costa Oeste, Enzo Avezum, acredita que a ação ajudou a divulgar o Brasil em um território pouco explorado e conhecido pelo trade local: “Além de permitir uma maior interação, foi uma oportunidade perfeita conhecer melhor o perfil das agências, dos seus clientes e para identificar possíveis novos nichos de interesse do turista norte-americano”. Ele assumiu o EBT para esta região há cerca de dois meses, com a saída de Clóvis Casemiro.

Em geral, os agentes destacaram a importância de haver um consultor para representação específica para a costa Oeste. “Estamos muito felizes em finalmente podermos contar com o apoio da EMBRATUR para colocar o Brasil, esse lindo país, em nossos roteiros”, declararam as agentes Tina Turrini, da Ethan Allen e representante da American Express Turismo, e Mary Jane Weyeneth, da Uniglobe Professional Travel.

Os profissionais ficaram entusiasmados com a promoção brasileira e já pedem outros eventos específicos para breve. O proprietário da agência Go Cruise, que não vende somente cruzeiros, Bryan Harris, destaca que viaja freqüentemente para o Brasil para melhor vender os destinos aos seus clientes.

“Tento ir pelo menos duas vezes por ano. Sou apaixonado pela cultura brasileira, pela comida e, mais do que tudo, pelo povo e sua generosidade”, disse.

Depois da Argentina, os Estados Unidos são o segundo maior emissor de turistas para o Brasil. De acordo com o Anuário Estatístico, no ano passado, foram 793.559 visitantes, contra 705.997 no ano anterior, um crescimento de 17,8%.

Fonte: Embratur

Del Valle Editoria
Contato: vininha@vininha.com

  
  

Publicado por em