Santa Catarina promove piloto de programa de relacionamento com o turista

O Ministério do Turismo, por meio da EMBRATUR (Instituto Brasileiro de Turismo), promoveu no último dia 14, na sede da FIESC (Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina), em Florianópolis, o piloto de um programa Relaç&otil

  
  

O Ministério do Turismo, por meio da EMBRATUR (Instituto Brasileiro de Turismo), promoveu no último dia 14, na sede da FIESC (Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina), em Florianópolis, o piloto de um programa Relações Públicas que reuniu os mais diversos envolvidos – direta ou indiretamente - na recepção de turistas estrangeiros.

Estiveram presentes ao “1º Seminário Catarinense de Relacionamento com o Turista Estrangeiro” desde autoridades do turismo das esferas federal, estadual e municipal, integrantes da iniciativa privada do segmento (operadores, agentes de turismo e transportadores), bem como forças da segurança pública, saúde, justiça, órgãos de imprensa, representações diplomáticas, entre outros.

A finalidade do programa em experiência é despertar a atenção de todos estes públicos para a importância da atividade turística sob diversos aspectos, mas principalmente para a economia local. Com isso, visa também melhorar o atendimento aos visitantes internacionais e, em conseqüência, ampliar ainda mais o fluxo de turistas, a geração de receitas e garantir o desenvolvimento sustentável dos destinos.

“Ao turista de hoje não bastam só as belezas naturais e a boa infraestrutura. Ele busca, antes de tudo, uma experiência de vida, descobrir e mergulhar em outras culturas e costumes. Por isso, a imagem do destino e o inconsciente coletivo dos mercados passam a ser determinantes para o planejamento turístico, o marketing e a promoção comercial”, explica Artur Araújo, diretor de Marketing da EMBRATUR.

O Estado de Santa Catarina foi escolhido pela tradição na recepção dos estrangeiros. As cidades do Estado estão entre os principais destinos do maior mercado emissor de visitantes internacionais ao Brasil, a Argentina, e de outros sul-americanos, em geral. E também por apresentar um alto grau de cooperação entre os setores público e privado do turismo local.

O evento foi composto de palestras com os temas turismo e economia, serviços e infra-estrutura e integração cultural. A seguir foram abertos painéis de debates sobre os temas apresentados que vão servir de base para a consolidação de um documento.

Deste evento resultará um “Manual de Boas Práticas” , a ser distribuído entre todos os agentes públicos e privados envolvidos no atendimento ao turista estrangeiro em Santa Catarina, e linhas de ação para as agências de Relações Públicas que atendem a EMBRATUR nos mercados que demandam o Estado", detalha Araújo. Segundo o diretor, outras edições devem ser programadas para os Estados brasileiros que lidam com os turistas internacionais.

Fonte: Embratur

Del Valle Editoria

Contato: vininha@vininha.com

  
  

Publicado por em