Santos(SP) sediará a segunda edição do Fast Havaiana

A Segunda edição do evento Fast Havaiana acontece no dia 1° de abril de 2007, em Santos, São Paulo. Organizado pela MKTE, empresa pioneira em marketing esportivo, recebe mais de 100 inscritos, divididos em 12 equipes, para competi

  
  

A Segunda edição do evento Fast Havaiana acontece no dia 1° de abril de 2007, em Santos, São Paulo. Organizado pela MKTE, empresa pioneira em marketing esportivo, recebe mais de 100 inscritos, divididos em 12 equipes, para competirem canoagem havaiana - categoria OC6(Outrigger Canoe Six).

O Fast Havaina 2007 inicia os campeonatos naúticos de canoagem em mar aberto. A denominação abrange centenas de adeptos que têm foco no esporte, o qual possui mais de 3 mil anos de história e mundialmente mais de 25.000 adeptos. Principalmente na Polinésia Francesa, onde sua popularidade é semelhante ao futebol no Brasil, e ainda 10.000 pessoas no Havaí, 5.000 atletas na Austrália, além de outros 30 países que apresentam um forte crescimento.

Com 3 mil anos de história, a canoa havaiana chegou ao Brasil em 2001. Nesta modalidade, é fundamental o trabalho em equipe. As equipes experientes, que possuem grande sincronismo entre os remadores e técnica de remada, possibilitam que a canoa deslize na água podendo atingir até 21 km por hora.

De acordo com Luis Mielli, diretor da MKTE Eventos Esportivos, a canoagem é um dos esportes mais completos que existe, porque trabalha toda a parte superior do corpo sempre atrai praticantes de esportes naúticos.

“A canoagem havaiana, diferentemente das demais modalidades de remo e caiaque, não exige qualquer treino específico para iniciar a sua prática. A competição demanda integração e sincronismo entre os membros de cada equipe, valorizando o esforço coletivo de cada componente da embarcação, ” declara Mielli.

A prova :

A competição de velocidade acontece na Praia de Aparecida em Santos e tem apoio da Prefeitura Municipal de Santos e da Fitness Shop. O evento começará às 8 horas, momento em que os atletas já estarão prontos para a prova.

A prova é toda visivel da faixa de areia, pois as canoas tem raias independentes e o comprimento de cada raia é 250 metros. As largadas acontecem na areia, onde os atletas correm em direção as canoas, levantam e as arrastam até a beira do mar, onde entram rapidamente e começam as remadas.

Após percorrer o percurso de 1km, a linha de chegada acontece na areia, momento em que a equipe se aproxima e um dos integrantes desce da canoa, corre em direção a torre com sino, indicando a sua chegada. Vence a equipe que completar o trajeto no menor tempo. As categorias disputadas são Profissional, Feminino e Amador.

Esporte Milenar :

A canoa havaiana no início de sua história funcionava como um meio de transporte na Polinésia, tendo sido responsável pela colonização das ilhas do Pacífico, principalmente o Havaí, o que contribuiu consideravelmente com a popularização do surf. A principio a canoa havaiana era usada para viagens a grandes distâncias e para transporte no Oceano Pacífico.

Surgindo competições entre ilhas e cidades, muitas provas de canoa havaiana compreende distâncias acima de 20 km. As canoas contam com seis remadores e cada um tem uma função especifica. Os canoístas, que ficam nas extremidades são os pontos determinantes para a boa evolução. O remador 1, na parte dianteira da canoa, é responsável pelo ritmo (frequência da remada) e determina se ela deve ser mais ou menos intensa. As canoas de 6 remadores medem quase 14 metros de comprimento, com 50 cm de largura, pesam entre 150 e 180 quilos e comportam um estabilizador lateral ou "ama" fixado por duas traves de madeira (iakos).

Atualmente, existem escolas de esportes espalhadas no litoral paulista, principalmente nas cidades de Santos, Bertioga, São Vicente e Ilha bela. E nos seguintes estados: Rio de Janeiro, Bahia, Distrito Federal.

Fonte: Converge News

Del Valle Editoria

Contato: vininha@vininha.com

Site: www.animalivre.com.br

  
  

Publicado por em