Secretaria de Turismo do ES vai investir R$41 milhões e define prioridades

A nova secretaria de Turismo do Espírito Santo tem planos de investir R$41 milhões até o final deste ano, dos quais R$24 milhões em infra-estrutura turística. Segundo o secretário de Turismo, Marcus Vicente a id&

  
  

A nova secretaria de Turismo do Espírito Santo tem planos de investir R$41 milhões até o final deste ano, dos quais R$24 milhões em infra-estrutura turística. Segundo o secretário de Turismo, Marcus Vicente a idéia é dobrar em três anos o fluxo turístico no estado que atualmente é de dois milhões de visitantes, dos quais 10% de estrangeiros.

Durante a abertura da Exportur-ES, ontem (18/05) o dirigente destacou as prioridades da sua gestão destacando aspectos como capacitação, infra-estrutura e promoção, lembrando que o turismo de negócios vem crescendo abrindo novas perspectivas. Confira abaixo seus planos:

Infra-estrutura - "Estaremos investindo R$7,7 milhões no balneário de Buriri, em São Mateus, no norte do Estado e também em Itaúnas melhorando a questão do saneamento. Também estamos trabalhando a revitalização da praia do Morro em Guarapari,investindo R$6,8 milhões e outros R$5,5 milhões do Mtur a serem investidos na área do Rádio Hotel e na praia das Castanheiras. Também na praia de Camburi estamos investindo R$5 milhões".

Turismo regional - "Estamos implantando o programa Caminhos do Campo, com o asfaltamento de 500 km de estradas vicinais, no interior, beneficiando os municípios e distritos do interior".

Capacitação - "Este é um setor que estamos dando atenção toda especial oferecendo treinamentos a taxistas, garçons e guias através de convênios com o Sebrae e outras entidades privadas. Apenas o Sebrae está investindo cerca de R$2 milhões em cursos no interior em programas como o Cama e Mesa".

Divulgação - "Estamos mobilizando o Conselho Empresarial para investirmos cada vez mais em promoção em mercados no país e no exterior onde estamos priorizando mercados como Chile e Argentina, onde já temos relações comerciais".

Setor aéreo - "O Espírito Santo aguarda a inauguração do novo aeroporto com novo terminal de cargas. No momento recebemos 121 vôos por mês, com uma boa distribuição no mercado doméstico e vamos trabalhar também o segmento de charteres no momento oportuno".

Estratégia - "Queremos induzir o setor privado a investir. Queremos ser uma entidade de fomeno e não de financiamento do setor".

Fonte: Mercado & Eventos

  
  

Publicado por em

Wilson B. Gonnçalves

Wilson B. Gonnçalves

21/03/2009 15:32:59
è sempre bem vindo invetimmentos nesta área, contudo é bom lembrar que o Sul do Estado tem recebido todo o apoio da secretaria, enquanto o Noroeste do estado tem vivido de promessas que sempre cai no esqucimento.
O potencial desta região é grande e precisa ser descoberto.