Ampliação do número de vôos para destinos europeus dá novas opções ao mercado brasileiro

Com seu novo terminal exclusivo no Aeroporto Internacional John Fitzgerald Kennedy (JFK), em Nova York, e a inauguração de diversas novas freqüências e rotas diretas entre a Big Apple e destinos europeus, a American Airlines ofere

  
  

Com seu novo terminal exclusivo no Aeroporto Internacional John Fitzgerald Kennedy (JFK), em Nova York, e a inauguração de diversas novas freqüências e rotas diretas entre a Big Apple e destinos europeus, a American Airlines oferece ao mercado brasileiro uma opção diferente para quem vai à Europa.

As novidades permitem chegar a destinos como Milão (Itália), Barcelona (Espanha), Londres (Reino Unido), Zurique (Suíça), Bruxelas (Bélgica) e Paris (França), via Nova York, com conexões imediatas e todo o conforto proporcionado pelo aeroporto, que recebeu investimentos de US$ 1,3 bilhão em melhorias para passageiros e operações de vôos.

A companhia aérea norte-americana oferece vôos diários do Brasil para Nova York, partindo do Aeroporto Internacional do Galeão, no Rio de Janeiro, com escala no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo.

Além das facilidades para chegar aos destinos europeus com conexões imediatas no Aeroporto de JFK, há a opção de o passageiro desmembrar a rota em duas etapas, podendo fazer uma parada (na ida ou na volta) na Big Apple. Dependendo da classe de tarifa escolhida, a divisão da viagem em duas etapas não acarreta custos adicionais, ou seja, o passageiro pode adquirir as passagens para os dois trechos pelo mesmo preço da viagem apenas com uma conexão imediata. Em alguns casos, o passageiro pode fazer pausas na cidade berço da Broadway em ambos os percursos, de ida e volta.

Os vôos diretos para Milão e Barcelona, partindo do Aeroporto Internacional JFK, começam a operar em 1º de maio de 2008. Outra novidade, com início programado para 7 de abril do ano que vem, será uma segunda freqüência entre Nova York e o Aeroporto Internacional de Stansted, em Londres.

Além desses novos vôos, a American Airlines também mantém seis freqüências diárias entre JFK e o Aeroporto Internacional de Heathrow, em Londres, e atualmente opera diversos vôos para o também londrino Aeroporto de Gatwick. Zurique, Bruxelas e Paris também recebem vôos regulares da companhia partindo de Nova York.

A ampliação da oferta de vôos para os destinos europeus permite atender ao mercado brasileiro, em especial ao público corporativo, de uma maneira diferenciada. “As possibilidades para conexões no novo e bem-estruturado terminal da American no Aeroporto JKF aumentam as opções de horário e itinerário para se chegar às mais importantes capitais de negócios das Américas e da Europa” conta Dilson Vercosa Jr., Diretor Comercial da Americal Airlines para o Brasil.

Também a viabilidade de desmembramento da passagem para permanência em Nova York, facilita o fluxo de viagens de negócios. “O passageiro poderá passar pelas principais capitais de negócios dos EUA e países Europeus de maneira fácil e prática”, completa.

O novo terminal da American Airlines no Aeroporto JFK tem mais de 147 mil metros quadrados e capacidade para receber até 12,8 milhões de passageiros por ano. As instalações terão 36 portões, 19 deles preparados para vôos internacionais.

Com o que há de mais moderno em itens como segurança e triagem de bagagens, o terminal oferece diversas comodidades que permitem aos passageiros de Primeira Classe e Classe Executiva gastarem menos de 30 minutos entre a entrada no aeroporto e a chegada ao novo lounge Admirals Club e ao Flagship Lounge. Nessas salas, o público premium tem acesso de alta velocidade à Internet, com conexão a cabo e Wi-Fi para laptops, chuveiros privativos tipo spa, além de buffet completo, bebidas e serviço personalizado de alta qualidade.

Sobre a American Airlines no Brasil

A American Airlines é a companhia aérea com a maior oferta de vôos do Brasil para as Américas do Norte e Central. No País desde julho de 1990, a companhia construiu uma sólida atuação no mercado nacional. Com base em uma estratégia comercial bem estruturada, a American Airlines é a primeira companhia a qual agentes, operadores de viagens e também o público em geral recorrem para suas viagens às Américas. A empresa opera, diariamente, três vôos na rota entre São Paulo e Miami, um entre o Rio de Janeiro e Miami, um entre São Paulo e Dallas e mais um que parte do Rio de Janeiro, com escala em São Paulo e destino final em Nova Iorque (Aeroporto JFK), com um total de 52 vôos semanais entre o Brasil e os EUA.

Fonte: The Jeffrey Group Brasil

Del Valle Editoria

Contato: vininha@vininha.com

Site: www.animalivre.com.br

  
  

Publicado por em