Aumento de desembarques em Alagoas é registrado no acumulado de janeiro a fevereiro

O fluxo de passageiros continua aumentando no aeroporto Zumbi dos Palmares

  
  

A Infraero divulgou na última sexta-feira, 27, a movimentação nos aeroportos brasileiros em relação ao período de janeiro a fevereiro de 2009. Segundo os dados, o fluxo de passageiros continua aumentando no aumentando no aeroporto Zumbi dos Palmares. Maceió recebeu, no acumulado de janeiro a fevereiro deste ano, um total de 195.329 mil passageiros nacionais e internacionais, o que equivale a um aumento de 2,4% em relação ao igual período do ano anterior. O movimento nacional apresentou uma queda total de 1% nos desembarques.

Já o fluxo nacional, que compreende os passageiros de vôos dentro do país para Maceió, teve um aumento de 4,8% em relação ao mesmo período do ano passado, contabilizando 189.885 mil passageiros desembarcados durante janeiro e fevereiro/2009. Esse crescimento também é maior que a média brasileira, que apresentou queda de 0,3% no fluxo de passageiros nacionais em igual período.

Os desembarques internacionais somaram 5.444 mil passageiros desembarcados no aeroporto de Maceió no período janeiro-fevereiro/2009. No mesmo período de 2008 este número foi maior – 9.505 passageiros desembarcados – e essa queda deve-se a não operação do voo charter vindo do Chile operado na temporada de 2008, além do Carnaval na terceira semana de fevereiro ter encurtado a temporada. Entretanto é importante lembrar que os estado recebe estrangeiros vindos de Recife, Salvador e São Paulo, já que a Infraero contabiliza apenas os passageiros internacionais que entram diretamente no aeroporto Zumbi dos Palmares.

Segundo o secretário estadual de Turismo, Virgínio Loureiro, “os dados comprovam o crescimento pelo qual o turismo de Alagoas está passando e lembra que ainda houve 26 charters semanais da CVC, provenientes de 13 cidades brasileiras, além dos voos da Argentina e Itália durante a ,alta temporada, sem deixar de mencionar o fluxo regional, em que os turistas dos estados próximos se utilizam do transporte terrestre”, destaca Loureiro.

Fonte: Secretaria de Turismo de Maceió

  
  

Publicado por em