Bahia realiza megaoperação de captação de voos internacionais

Rotas da Air Europa ligarão a capital baiana a países como Espanha, Chile, Uruguai e Argentina

  
  

Onze novos voos internacionais vão ampliar a integração de países ibero-americanos com a Bahia, graças a uma megaoperação feita pela Bahiatursa junto à companhia espanhola Air Europa.

As novas rotas serão a ligação direta do Estado com Madri (Espanha), Santiago (Chile), Montevidéu (Uruguai) e Córdoba (Argentina).

Com as novas operações, Salvador contará com 14 voos internacionais da companhia, tornando-se um dos principais hubs da empresa no Brasil.

Desta forma, a cidade passa a contar com sete voos semanais de Madri, três frequências da capital chilena, duas de Montevidéu e outras duas de Córdoba.

Assim, o estado terá, até o fim deste ano, 34 voos internacionais semanais, o que representa um acréscimo de 18 novas rotas, pois, na última semana já foram anunciadas sete frequências da Aerolíneas Argentinas de Buenos Aires para Salvador e Porto Seguro.

“Não tenho dúvida de que é uma grande notícia, pois pela primeira vez uma capital do Nordeste se transforma num hub para a América Latina. São 11 novos voos da Air Europa e isso vai dinamizar muito a economia do turismo.

Representa um incremento de 14% nos nossos desembarques internacionais. Eu não tenho a menor dúvida de que é bom para a Bahia, é boa para o Brasil essa interconexão sul-americana e com a Península Ibérica com a Air Europa e eu agradeço a aposta do Grupo Globália e da própria companhia aérea no destino Bahia”, destacou o governador Jaques Wagner.

Para o secretário do Turismo da Bahia, Domingos Leonelli, os novos voos representam a porta de entrada de milhares de turistas de grandes mercados emissores para o Estado que, agora, terão mais facilidade de vir à Bahia sem precisar fazer escalas.

“É uma oportunidade também de incrementar o turismo de negócios. Com esses voos, Salvador será transformada em um polo receptivo da Europa e do Cone Sul, possibilitando a realização do sonho da integração ibero-americana, uma luta que travamos desde 2007”, pontua Leonelli.

“Isso representa mais de 120 mil desembarques de estrangeiros a mais por ano, considerando uma ocupação de pelo menos 50%”, finaliza o secretário.

De acordo com informações da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), Espanha, Argentina, Uruguai e Chile enviam, juntos, cerca de 210 mil dos 558 mil estrangeiros que a Bahia recebe todos os anos.

Para a diretora de Relações Internacionais da Bahiatursa, Rosana França, a perspectiva é que esse número cresça pelo menos 20% com as novas rotas.

“Estamos dando uma estimativa conservadora, mas os resultados podem ser ainda maiores”, afirma.

A Air Europa já definiu o cronograma, com implantação do primeiro voo em novembro deste ano e informou que todas as linhas estarão em funcionamento até abril de 2014.

“A Bahia foi escolhida por diversos motivos: Tem uma localização geográfica estratégica; é um destino turístico consolidado pelo qual há uma demanda muito significativa e possui infraestrutura aeroportuária e turística, que permite o crescimento de fluxo”, aponta Álvaro Middelmann, conselheiro do gripo Globália, holding que controla a Air Europa.

Segundo o diretor geral da Air Europa no Brasil, Luiz Sobrinho, realizar esses 11 voos diretos para Salvador é uma forma de otimizar o uso das aeronaves.

Os voos serão realizados a bordo de uma aeronave modelo Airbus 330-200, com capacidade para levar 24 passageiros na classe executiva e 275 passageiros na classe econômica.

Visite: www.revistaecotour.com.br

Fonte: Bahiatursa

  
  

Publicado por em