Fechamento de aeroporto em Búzios (RJ) prejudica setores turísticos

O Aeroporto Umberto Modiano, na cidade de Búzios, Região dos Lagos fluminense, está fechado desde a última dia 11 de julho pela Agencia Nacional de Aviação Civil (Anac)

  
  
A situação pode ser preocupante para restaurantes, hotéis e o comércio da cidade, principalmente se a situação se estender por longo tempo

O Aeroporto Umberto Modiano, na cidade de Búzios, Região dos Lagos fluminense, está fechado desde a última dia 11 de julho pela Agencia Nacional de Aviação Civil (Anac). Administrado pela iniciativa privada, o local passa por uma reforma. O fechamento já está tendo reflexos no setor turístico da península, que amarga prejuízos, por deixar de receber pelo menos cinco voos por semana. Em períodos de alta temporada e feriados, costumam aterrissar por dia até 50 aviões de pequeno porte.

De acordo com o secretário de Turismo de Búzios, Cristiano Marques, a situação pode ser preocupante para restaurantes, hotéis e o comércio da cidade, principalmente se a situação se estender por longo tempo. Pelo aeroporto, chegam famílias de empresários que se hospedam na cidade, aquecendo a economia local. Com a interdição o município acaba perdendo uma fatia importante de clientes, que são os executivos vindos de diferentes partes do Brasil. "e isso preocupa porque a gente acaba perdendo clientes com forte potencial", comenta.

O grupo Modiano, que administra a unidade, informou que, o movimento no aeroporto em alguns períodos, e há, inclusive, congestionamento no pátio, sendo necessário cancelar diversos pernoites de aeronaves. Segundo a assessoria de imprensa da Anac, o motivo da interdição foi o vencimento de uma portaria de registro do aeroporto. Para ser renovada, este precisa passar por uma série de reparos. A interdição tem prazo de 180 dias, mas caso a administração não atenda as especificações estabelecidas, o embargo pode ser renovado, conforme informou o órgão.

Fonte: Monte Castelo Ideias

  
  

Publicado por em