Passageiros podem avaliar aeroportos por meio de aplicativo

As demandas serão encaminhadas, de acordo com cada situação, para a Infraero, as concessionárias e as companhias aéreas

  
  

A Secretaria de Aviação Civil (SAC) oficializa a adoção da rede social Colab.re como canal de relacionamento com passageiros dos aeroportos brasileiros na web e por meio de aplicativos Android e iOS.

A iniciativa conta com um projeto piloto que ocorre no período de maior movimentação, entre 19 de dezembro e 6 de janeiro, no qual são esperados 20 milhões de passageiros em aeroportos de todo o País.

Os terminais contemplados nesta fase teste – Guarulhos e Congonhas, em São Paulo; Galeão e Santos Dumont, no Rio de Janeiro; e Juscelino Kubitschek, em Brasília – receberão informativos nos displays de voos sobre a ação.

Celebrada por meio de adesão, o serviço permitirá aos passageiros fiscalizar, propor soluções e avaliar a qualidade do atendimento, o tempo de espera no check-in, limpeza, entre outros aspectos relacionados aos aeroportos.

Em contrapartida, uma equipe de comunicação da SAC em Brasília estará conectada ao painel de gestão do Colab.re para acompanhar em tempo real e responder as demandas da população.

No Monitor Colab.re, a SAC acessará uma lista de solicitações dos usuários, acompanhadas por um número de protocolo. As postagens irão conter a identificação do aeroporto, foto da situação relatada, link gerado pela rede social, bem como comentários e curtidas dos seguidores, o que facilita a identificação desses casos.

As demandas serão encaminhadas, de acordo com cada situação, para a Infraero, as concessionárias e as companhias aéreas, que informarão aos cidadãos a solução dos casos.

A parceria tem como objetivo principal garantir tranquilidade aos passageiros e o correto funcionamento da malha aérea. “Encorajamos os usuários a participar da gestão dos aeroportos por meio da ferramenta.

Queremos, com isso, mapear a opinião dos passageiros em relação à infraestrutura e serviços prestados, para melhorar cada vez mais os terminais”, afirma o ministro da Aviação Civil, Moreira Franco, ao ressaltar que essa é umas das estratégias visando uma melhor operação dos aeroportos durante o final de ano.

Reforço:

Os principais aeroportos do Brasil terão um esquema especial de funcionamento de 15 de dezembro a 10 de janeiro, para garantir a segurança e o conforto das pessoas que deverão passar por eles no período das festas de fim de ano.

Definida pela Comissão Nacional de Autoridades Aeroportuárias (Conaero), a operação inclui reforço de cerca de 20% no pessoal dos órgãos públicos, intensificação da fiscalização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que terá 87% a mais de agentes, e o compromisso das companhias aéreas de manter balcões de check-in com ocupação máxima de funcionários nos horários de pico, além de deixar aviões extras à disposição, entre outras medidas.

O aumento na demanda dos aeroportos neste mês é 7% maior do que o registrado no mesmo período de 2013. É uma movimentação ligeiramente maior que a média do ano, de 6,86%.

Os dias de maior movimentação deverão ser 19 de dezembro e 6 de janeiro. O volume de aeronaves entre 18 de dezembro e 6 de janeiro deve ser 6,53% maior do que no ano passado, segundo estimativa do Decea (Departamento de Controle do Espaço Aéreo), órgão da Aeronáutica.

As medidas da SAC também incluem comprometimento das companhias aéreas com a Anac a não praticar vendas de assentos em quantidade superior à capacidade das aeronaves, reforço de 8,8 mil voos extras na temporada e incremento do número de funcionários em guichês exclusivos para informações.

Outras iniciativas são o aumento do efetivo de tripulações, a antecipação das manutenções programadas de aviões, de forma a ter o máximo da frota voando nos dias de maior movimento, e plano de contingência para casos de fechamento de aeroportos por mau tempo. Tudo isso para garantir 93% dos voos sem atrasos em todo o Brasil.

O Melhor Aplicativo Urbano do Mundo

O Colab.re faz a ponte entre cidadãos e o poder público de todo o Brasil. Na web (www.colab.re) e em aplicativos Android e iOS, as pessoas podem realizar fiscalizações, avaliações e propostas de soluções de instituições e serviços públicos, como iluminação pública, calçadas e saneamento básico, que são encaminhadas aos órgãos responsáveis, a fim que possa ser dado um retorno ao cidadão.

Desde o início deste ano, 40 prefeituras brasileiras oficializaram a ferramenta como canal de relacionamento com seus habitantes no ambiente digital, entre elas Santos e Guarujá (SP), Niterói (RJ), Curitiba (PR), Cuiabá e Rondonópolis (MT) e Teresina (PI).

Em um ano, o Colab.re recebeu 12 mil fiscalizações de cerca de 60 mil usuários, cujo índice de solução dos casos é de 60% nas cidades parceiras da rede social.

A plataforma foi criada pelo administrador Bruno Aracaty, pelos especialistas em marketing Gustavo Maia e Paulo Pandolfi, e pelos cientistas Josemando Sobral e Vitor Guedes.

Lançada em Março de 2013, após três meses ganhou o prêmio de Melhor Aplicativo Urbano do Mundo pela fundação franco-suíça New Cities, dedicada a soluções urbanas.

Visite: www.revistaecotour.com.br

Fonte: Rodrigo Cabral

  
  

Publicado por em