Governo dá últimos retoques para viagem inaugural do Trem do Pantanal

Técnicos do governo do Estado vistoriaram as estações de Aquidauana, Taunay e Palmeiras, que farão parte do cenário da viagem inaugural do Trem do Pantanal

  
  

Técnicos do governo do Estado vistoriaram na tarde desta terça-feira (5) as estações de Aquidauana, Taunay e Palmeiras, que farão parte do cenário da viagem inaugural do Trem do Pantanal, marcada para esta sexta-feira, 8 de maio. A viagem contará com a presença do presidente Luis Inácio Lula da Silva, do governador André Puccinelli e demais autoridades do Estado.

Inicialmente, o Trem do Pantanal irá circular com cinco vagões de passageiros, todos com ar condicionado, um vagão destinado ao restaurante e outro destinado a serviços gerais, incluindo a cozinha. É nesse vagão que estará acoplada a locomotiva.

O governo realizou investimentos em 5 estações ferroviárias que integrarão o trajeto do Trem do Pantanal: Piraputanga, Taunay, Miranda, Aquidauana e Indubrasil. Somente nesta estação, foram investidos R$ 1,6 milhões.

A reativação do trem como atração turística é um projeto de parceria de prefeituras, do Estado e da União. “Após um bom tempo de contingência financeira, esta é a hora de colocar em prática um projeto que transforma e profissionaliza ainda mais o turismo de Mato Grosso do Sul”, explicou o secretário de Governo, Osmar Jerônymo.

A primeira viagem comercial acontece no dia 16 de maio, sendo que dezenas de passagens já foram comercializadas. Inicialmente o Trem do Pantanal irá operar com capacidade para transportar 280 passageiros. Um vagão envolve a classe econômica, cuja passagem até Miranda custa R$ 39,00. Outros dois vagões serão turísticos (R$ 77,00). Os vagões executivos e camarotes custarão R$ 126, contando com serviço de bordo com lanche, água, refrigerante, cerveja e comissário bilíngüe.

As saídas de Campo Grande a Miranda acontecerão sempre aos sábados, às 7h30, com previsão de chegada às 18h. Já o retorno será sempre aos domingos, saindo 8h30, chegando em Campo Grande por volta das 19h15.

A empresa que administra o passeio garante que até final do próximo ano irá concluir a manutenção da estrada de ferro entre Miranda e Porto Esperança, dando condições que o Trem do Pantanal chegue finalmente a Corumbá. Quando estiver operando nesse trecho, serão disponibilizados sete vagões para passageiros, dando condições de transportar 400 pessoas.

Fonte: Governo do Mato Grosso do Sul

  
  

Publicado por em