Músicos de rua se apresentam em festival no metrô de São Paulo

Músicos de rua que se apresentam em metrôs de oito cidades do mundo tocarão em nove estações da cidade de São Paulo de 22 a 27 de outubro

  
  
A segunda edição do Festival Internacional de Músicos de Metrô - Red Bull Sounderground – trará 19 atrações de Barcelona, Berlim, Londres, Montreal, Moscou, Nova York e Paris, além dos artistas paulistanos

Músicos de rua que se apresentam em metrôs de oito cidades do mundo tocarão em nove estações da cidade de São Paulo de 22 a 27 de outubro. A segunda edição do Festival Internacional de Músicos de Metrô - Red Bull Sounderground – trará 19 atrações de Barcelona, Berlim, Londres, Montreal, Moscou, Nova York e Paris, além dos artistas paulistanos. A primeira edição foi em novembro de 2010.

O idealizador do projeto, Marcelo Beraldo, explicou que para selecionar os artistas passou quatro meses visitando metrôs do mundo. A ideia de trazer o festival para o Brasil surgiu quando, em 2006, Beraldo passeava por Nova York e percebeu muitos músicos talentosos tocando nas estações de metrô. “Quando viajei pelo mundo conhecendo os músicos e a política dos metrôs com relação a eles, tive a ideia de promover essa cultura e as pessoas que vivem disso”.

Para participar do festival, os músicos terão de se apresentar da mesma forma que fazem no dia a dia, ou seja, amplificadores com potência até 60 watts ou baterias elétricas, sem o uso de qualquer fonte de energia elétrica disponível no local. Os músicos se apresentarão em solo, duos e trios. “Não é comum vermos formações maiores do que trio porque seria muita gente para dividir o dinheiro das doações. Todo o resto também é igual ao que sempre fazem, não tem ninguém para carregar o equipamento, não tem palco, não tem som profissional, porque é assim na vida deles”.

Beraldo ressaltou que a ideia principal é incentivar no Brasil essa cultura de arte na rua. “Se compararmos o Brasil com algumas cidades da Europa e dos EUA, vamos ver que a arte na rua é muito rara por aqui. Apesar do nosso histórico e do valor da produção cultural, dificilmente se encontra artistas na rua, salvo em lugares isolados”.

Os músicos tocarão das 12h às 14h e das 16h às 18h nas principais estações paulistanas. Na Linha Verde, as estações serão a Ana Rosa, Vila Madalena e Sacomã. Na Linha Vermelha, nas estações do Brás, da Sé, de Palmeiras/Barra Funda, e da República. Na Linha Amarela, nas estações Luz e Pinheiros. Para encerrar o festival, todos os músicos se reunirão na praça Praça Victor Civita, ao lado da Estação Pinheiros da Linha Amarela, no sábado (27), a partir das 17h.

Fonte: Agência Brasil - Governo Federal

  
  

Publicado por em