O charme e a elegância das viagens de trem estão de volta em diversas regiões do país nestas férias

O roteiro cultural agrada nostálgicos, mas, também jovens e crianças que se divertem com as locomotivas restauradas riscando novamente os trilhos, em um passeio agradável e divertido que une gerações

  
  
Na capital paulista, a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos reformou dois vagões da década de 1960 e reinaugurou o Expresso Turístico, da antiga linha São Paulo-Jundiaí

O charme e a elegância das viagens de trem estão de volta em diversas regiões do país. O roteiro cultural agrada nostálgicos, mas, também jovens e crianças que se divertem com as locomotivas restauradas riscando novamente os trilhos, em um passeio agradável e divertido que une gerações.

Na capital paulista, a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos reformou dois vagões da década de 1960 e reinaugurou o Expresso Turístico, da antiga linha São Paulo-Jundiaí. O trajeto tem 60 quilômetros e pode ser feito em 174 confortáveis assentos.

O Expresso Turístico futuramente estenderá a linha até Paranapiacaba e Mogi das Cruzes na grande São Paulo. O preço da passagem é razoável e ainda você pode ganhar desconto de 50% para até três acompanhantes.

As viagens acontecem aos finais de semana, partindo da Estação da Luz, às 08h30, com retorno às 16h30. O viajante também pode adquirir passeio em Jundiaí, com três opções de roteiro: histórico, cultural e circuito das frutas.

Outra dica que encanta turistas de todas as idades é o Circuito Mantiqueira, da Estrada de Ferro de Campos do Jordão. O circuito integra as cidades da região e começa em Pindamonhangaba, no Vale do Paraíba, e termina em Campos do Jordão, passando pelo município de Santo Antônio do Pinhal, totalizando 47 km de extensão.

Circuito Mantiqueira, da Estrada de Ferro, Campos do Jordão

Nesse trajeto o turista pode optar por diversos serviços ferroviários, com diferentes horários e tarifas, como por exemplo, a Maria Fumaça, o Trem de Serra e o Bonde Turístico. Partindo da cidade de Pindamonhangaba, a estrada sobe o traçado sinuoso da Serra da Mantiqueira. Simplesmente, deslumbrante!

O destaque do traçado é a ponte francesa de 160 metros de extensão, com pedras talhadas a mão, instalada no trecho sobre o rio Paraíba do Sul. Outro destaque do trajeto é o Alto do Lajeado, o ponto ferroviário mais alto do Brasil, com 1.743 metros de altitude. No total, 47 quilômetros em pouco mais de duas horas, mas, suficiente para fazer a alegria dos turistas.

Em Minas Gerais, a famosa Maria Fumaça que liga as cidades de São João Del Rei a Tiradentes também voltou a todo vapor. Aproveite a parada em São João e faça uma visita às igrejas da cidade e ao Museu Ferroviário, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), onde o turista pode conferir peças históricas e trens.

O Rio de Janeiro também ganhou uma charmosa viagem de trem, no trecho da famosa rota da Estrada Real, na cidade de Paraíba do Sul. O caminho tem 14 quilômetros até Cavaru, trajeto responsável por escoar todo o ouro produzido no século 18. Aliás, o sucesso de público dos trens turísticos no país, muitos com filas de espera para viajar, é sinal de que o espírito e a fascinação das antigas locomotivas, ainda encanta e emociona gerações.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em