Roteiro integra Pantanal Express, Miranda e Bonito

Os pacotes têm valores entre aproximadamente R$ 400 e R$ 600, de acordo com os atrativos escolhidos em Bonito.

  
  
Trem do Pantanal

Novos pacotes elaborados pela BWT Operadora e a Serra Verde Express fortalecem o Trem do Pantanal como opção de passeio turístico neste fim de ano e temporada de verão. Por preços que variam entre aproximadamente R$ 400 e R$ 600 é possível fazer um roteiro Pantanal / Bonito – ou Bonito / Pantanal – unindo a nostalgia da ferrovia aos atrativos naturais de Miranda e de Bonito.

“Formatamos esses pacotes para integrar os atrativos: o trem às belezas das duas cidades”, explica o gerente Administrativo Operacional da BWT e Pantanal Express em Campo Grande, Pablo Rodrigo Valentim Vieira. “É uma ótima opção tanto para o sul-mato-grossense, quanto para quem vem de fora”.

Uma das alternativas é ir ao encontro da natureza partindo de Campo Grande. O turista embarca sábado de manhã no trem; chega a Miranda no início da noite, onde usufrui de jantar típico e focagem noturna e de mais um dia de atrativos no domingo. Os dois dias seguintes são em Bonito, e o retorno a Campo Grande é feito por meio rodoviário.

Outra opção é inverter a ordem do passeio. O turista pode optar pelo pacote com dois dias em Bonito, seguir para Miranda para aproveitar os atrativos do hotel-fazenda, e, no domingo, embarcar no trem para o percurso de volta à Capital. “É possível ficar em Bonito na quinta e sexta-feira, por exemplo; almoçar já em Miranda, fazer a focagem noturna, e, no dia, seguinte, o próprio hotel oferece o transporte até a ferrovia, para embarque no trem”, diz Pablo. Os pacotes têm valores entre aproximadamente R$ 400 e R$ 600, de acordo com os atrativos escolhidos em Bonito.

Novidade em Aquidauana

City Tour em Aquidauana

Mais uma novidade é o City Tour em Aquidauana. O serviço está operando há duas semanas e é resultado de parceria da BWT e Pantanal Express com o Conselho Municipal de Turismo, Fundação de Turismo e o centro universitário da UFMS – que auxiliou no levantamento dos dados históricos.

O passeio custa R$ 20 e é feito em vinte minutos durante a parada do trem no município, antes de seguir para Miranda. “O turista desembarca na estação ferroviária, segue para o City Tour, em um ‘trenzinho’, acompanhado de guia, e depois fica no restaurante que preferir”, explica Pablo Rodrigo. Segundo o gerente da operadora de turismo, Aquidauana passou por melhorias que fazem desse um passeio agradável pela história e atrativos turísticos locais.

Serviço

Para compra de pacotes ou de passagens para o Pantanal Express, o turista pode procurar a BWT Operadora:
Em Campo Grande – Rua Jeribá, 485 – sala 06 – Chácara Cachoeira.
Telefone: (67) 3029 0759
Em Curitiba (PR) – Av. Pres. Affonso Camargo, 330 – Estação Ferroviária.
Telefone: (41) 3888 3488
A venda de passagens também é feita nas estações ferroviárias de Aquidauana e de Miranda.
No site www.pantanalexpress.com.br estão disponíveis todas as informações sobre tarifas e horários. O trem opera aos sábados, domingos e feriados prolongados.

Fonte: Notícias de Mato Grosso do Sul

  
  

Publicado por em