Trem turístico do Paraná será palco da Pré-Parada Gay

Por um País unido pela igualdade cidadã e pela criminalização da homofobia – tema da 12ª Parada da Diversidade de Curitiba deste ano -, no próximo dia 26 de agosto, um domingo, a partir das 8h, o trem turístico do Paraná deixará a Estação Rodoferroviári

  
  

Por um País unido pela igualdade cidadã e pela criminalização da homofobia – tema da 12ª Parada da Diversidade de Curitiba deste ano -, no próximo dia 26 de agosto, um domingo, a partir das 8h, o trem turístico do Paraná deixará a Estação Rodoferroviária de Curitiba com uma missão especial: disseminar essa idéia pelas cidades compreendidas no trecho da Serra do Mar que vai até Paranaguá.

Para isso, as sete cores do arco-íris tomarão o interior de um dos vagões juntamente com drag-queens, go-go boys e DJs, que juntos promoverão uma espécie de pré-parada por um trecho de cerca de 100 quilômetros, já que o grande evento será no dia 2 de setembro. A expectativa da organização é de grande adesão da população, já que tickets e pacotes (opções abaixo) já estão à venda para quem quiserdos em participar dessa festa dentro do trem, ao ritmo de muita música e respeito.

No entanto, a mensagem não será transmitida apenas com festa, dirigentes de organizações não-governamentais de defesa dos interesses da comunidade GLBT (Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transgêneros) e da Serra verde Express, empresa que detém concessão do trem turístico e apóia ação, trabalharão ativamente para conscientizar a população.

Segundo a presidente Simone Valencio, do Grupo Dignidade, organizadora da Parada, “é interessante traçar um paralelo percurso e comunidade GLBT, aparentemente distintos. A ferrovia foi construída por engenheiros brasileiros, negros. Pessoas inovadoras, que agiram a despeito de crenças de que as dificuldades naturais não permitiriam a obra. A comunidade GLBT do Paraná, por ser o movimento ativo, também quer revolucionar algumas leis do País em prol dos direitos e da cidadania desse nicho”. Para isso, luta no Congresso por mudanças.

Uma das lutas é por aprovação do Projeto de Lei Complementar (PLC) nº 122/06, que em esfera federal criminaliza a homofobia e outros atos discriminatórios.

Turismo

Segundo o diretor comercial da Serra Verde Express, Adonai Arruda Filho, “todos são detentores do direito de ir e vir sem discriminação. Temos que disseminar essa idéia que às vezes é esquecida. Além disso, a Parada GLBT em Curitiba já é um evento tradicional que a cada ano vem atraindo mais visitantes para a cidade. Todos ganham. Trata-se de uma ação que une o necessário ao agradável. É uma ação social importante e um gerador de receita para o município interessante”.

Serviço
Pacotes disponíveis:

Opção 1 - Somente descida de trem: R$ 45, por pessoa, vagão turístico
Opção 2 - Ida e volta: R$ 60, por pessoa, com ida no vagão turístico e retorno de ônibus
Opção 3 - Ida, volta e almoço (descida de trem, vagão turístico, almoço em Paranaguá no restaurante Danúbio Azul e retorno de ônibus, com saída às 18h de Paranaguá): R$ 85, por pessoa

Local de venda: Serra Verde Express - www.serraverdeexpress.com.br
Avenida Pres. Affonso Camargo, 330, Estação Rodoferroviária, Curitiba (PR) Fone: 41 3323 4007

Fonte: ParanáShop

  
  

Publicado por em