GT do Turismo Náutico se reúne em Salvador

Grupo de Trabalho interministerial, coordenado pelo MTur, discute regulamentação do setor

  
  

Fiscalização, legislação para permanência de embarcações estrangeiras em águas brasileiras, investimentos e capacitação profissional para atender demandas dos cruzeiros marítimos e da indústria nacional. São alguns dos assuntos na pauta do grupo de Trabalho de Turismo Náutico reunido, nesta sexta-feira (18), em Salvador (BA).

Na abertura dos trabalhos o secretário estadual de Turismo da Bahia, Domingos Leonelli, fez uma apresentação do Plano Estratégico do Desenvolvimento do Turismo Náutico da Baía de Todos os Santos. O projeto, fruto de um convênio entre o Ministério do Turismo (MTur) e a Setur-BA, mapeou e analisou o potencial de desenvolvimento do Turismo Náutico e servirá de modelo para outros estados.

“Estamos recolhendo contribuições das diversas entidades que compõem o GT e deveremos apresentar o plano à sociedade em janeiro de 2010”, conta o secretário. Segundo ele, o plano contempla questões como a formação de mão-de-obra para o segmento, normatização, incentivos fiscais para importação de equipamentos e para a indústria local.

Nesta última reunião do ano, os integrantes do GT fazem um balanço das últimas reuniões e definem ações para 2010. Os trabalhos são coordenados pelo diretor do Departamento de Articulação, Estruturação e Ordenamento Turístico do Mtur, Ricardo Moesch.

O GT de Turismo Náutico tem objetivo de traçar uma política de gerenciamento do setor, definindo estratégias de gestão, investimentos e capacitação. Coordenado pelo MTur, o grupo é composto de representantes do Departamento de Polícia Federal, da Secretaria Especial de Portos, Agencia Nacional de Vigilância Sanitária, Marinha e de empresas e entidades do setor.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em