Passeios turísticos de barco em João Pessoa/PB são regulamentados nesta 4ª feira

Está prevista a proibição da comercialização desse tipo de passeio por barcos que não estejam ligados a uma empresa de turismo.

  
  

Uma reunião convocada pelo Procon de João Pessoa e Setur (Secretaria de Turismo) a partir das 9h desta quarta feira (15), vai definir como será feita a regulamentação dos passeios náuticos na Capital. Está prevista a proibição da comercialização desse tipo de passeio por barcos que não estejam ligados a uma empresa de turismo. Durante a reunião, que vai acontecer na sede do Procon-JP, no Centro, será apresentado um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para a categoria.

O secretário de Turismo da Capital, Elzário Pereira, destaca a importância da assinatura deste documento ainda durante a estação do inverno. "É essencial que todos os empresários do setor se comprometam a fazer um turismo responsável, para evitarmos problemas futuros. O ideal é resolver essa questão agora para ninguém correr o risco de ter prejuízo durante o verão, quando a procura por este tipo de passeio aumenta e quem não estiver regulamentado não poderá exercer a atividade na Capital".

Vários empresários do setor aguardavam há muitos anos essa decisão do poder público e se mostram parceiros na ação de estruturação e ordenamento dessa atividade na orla, inclusive com a restrição na quantidade de embarcações que operam um dos mais belos atrativos naturais da cidade de João Pessoa. A formação de uma cooperativa foi sugerida e apresentada anteriormente, mas não houve um consenso, até porque alguns já estão devidamente constituídos como pessoa jurídica.

Além do secretário de Turismo estarão presentes representantes do Procon Municipal, Secretaria de Desenvolvimento Urbano da Capital (Sedurb), Associação dos Proprietários de Embarcações Turísticas da Paraíba (APETP), Gerência Regional do Patrimônio da União (GRPU), Secretaria do Meio Ambiente (SEMAM), Capitania dos Portos e empresários.

Fonte: Prefeitura Municipal de João Pessoa

  
  

Publicado por em

Koy meirelles

Koy meirelles

27/09/2009 11:30:49
A regulamentação é fundamental para a segurança e preservação da natureza, só que tão importante é manter o mercado aberto a todos, sem cair no monopólio e favorecimento de poucos