Ônibus de turismo inovam roteiros para atrair visitantes

O mercado tem registrado crescimento em todos os setores e vem absorvendo as mudanças necessárias

  
  

Os ônibus “linha turismo”, uma forma prática e interessante de explorar um destino, registram aumento da demanda e, com isso, ampliam roteiros e aprimoram serviços.

Em Porto Alegre (RS), o fluxo de passageiros aumentou 98,5% em agosto, se comparado ao mesmo mês do ano passado: passou de 3.512 para 6.973 usuários.

Com os números em alta, a linha turismo da cidade ganhou dois novos atrativos: o Centro Cultural Usina do Gasômetro, às margens do lago Guaíba, e a praça Otávio Rocha, no coração da capital gaúcha, recentemente revitalizada e equipada com um bistrô, de acordo com a secretaria municipal de Turismo.

A novidade é bem-vinda. Há menos de dois meses, Guilherme Stedefelt (40), visitante assíduo da cidade, fez o passeio de ônibus acompanhado por um colega do Rio de Janeiro.

“Esse tipo de serviço é um auxílio para quem quer explorar o destino. Apesar de ir a Porto Alegre várias vezes ao ano, pude conhecer lugares que até então eram novidades pra mim”, conta. Ele tem o costume de frequentar esse tipo de atração também em outros locais, como Curitiba (PR).

A capital paranaense foi outra cidade que registrou aumento de passageiros nas linhas turísticas. “Um crescimento de 34%. Em agosto foram 49.883 embarques, contra 37.217 no mesmo período do ano passado”, garantiu Marcelo Uemura, técnico do departamento de estatística da secretaria de Turismo de Curitiba.

No caso de Salvador, visitantes que embarcam no ônibus de turismo agora podem conhecer o estádio Arena Fonte Nova em uma parada recém incluída no roteiro.

O turista pode passear por diferentes setores do estádio, do gramado aos vestiários, e também apreciar uma vista de 360 graus da cidade, em um mirante do estádio. A rota do ônibus tem 13 pontos de parada e visitação espalhados pela capital baiana.

O estado de Pernambuco deve inaugurar um serviço diferenciado até o final do ano. De acordo com a secretaria estadual de Turismo, será a única linha do país com áudio-descrição para pessoas com deficiência visual.

O circuito deve partir do Parque Dona Lindu e ter a Igreja do Carmo, em Olinda, como destino final. O passeio terá 24 paradas nos principais pontos turísticos das duas cidades, com duração total prevista de duas horas e meia.

Segundo o diretor do Departamento de Produtos e Destinos do Ministério do Turismo, Wilken Souto, as novidades sugerem um novo movimento no setor.

“O mercado tem registrado crescimento em todos os setores e vem absorvendo as mudanças necessárias, que contribuem diretamente para a economia turística.

As empresas de turismo têm buscado não só atrair novos visitantes, criando outros ativos e atributos após o período do Mundial, mas também fidelizar quem já conhece o destino. Mais de 95% dos estrangeiros manifestaram intenção de retornar ao país após a Copa, e já se trabalha para trazê-los de volta”, afirma.

Visite: www.revistaecotour.com.br

Fonte: MTur/Deborah Salles

  
  

Publicado por em