Procon dá dicas para quem pretende alugar um veículo nestas férias

Com o início das férias de julho, muitas famílias optam por fazer viagens sem o próprio carro e alugar um veículo no local de destino. Para quem faz essa escolha, o Procon orienta verificar cláusulas importantes do contrato

  
  
O Procon também lembra que é necessário o consumidor se informar sobre o total de horas que compõem a diária e taxas devidas por horas excedentes

Com o início das férias de julho, muitas famílias optam por fazer viagens nacionais ou internacionais sem o próprio carro e alugar um veículo no local de destino. Para quem faz essa escolha, o Procon orienta a verificar a forma como a locação é cobrada - por quilometragem, hora ou dia - e se informar se o cliente é o responsável pelo reabastecimento do veículo ou se está incluso na prestação de serviço de locação.

O Procon também lembra que é necessário o consumidor se informar sobre o total de horas que compõem a diária e taxas devidas por horas excedentes, se a empresa cobra tarifa de proteção ou seguro, o que deve ser feito em caso de furto ou assalto e como proceder em caso de acidente.

No caso de viagens internacionais o Procon orienta os consumidores a se informarem sobre a legislação de trânsito local e a necessidade ou não de carteira de motorista internacional. Caso haja problemas nas locações para o exterior efetuadas antecipadamente em empresas com representantes no Brasil, as reclamações podem ser encaminhadas a um órgão de defesa do consumidor no Brasil. Mas, quando a locação é feita diretamente com empresa no exterior, o consumidor fica atrelado a legislação do país de origem da empresa.

Fonte: Governo de São Paulo

  
  

Publicado por em