Belotur/BH lança projeto Intercâmbio Turístico e Cultural

O projeto permitirá aos cerca de 80 mil frequentadores da Feira de Arte e Artesanato da Avenida Afonso Pena conhecer mais do potencial turístico de Belo Horizonte e de outras cidades do interior de Minas Gerais.

  
  
A partir de dezembro, espaço que dá acesso ao hall da PBH (foto) receberá exposições aos domingos

A Prefeitura, por meio da Belotur, lança o projeto Intercâmbio Turístico e Cultural, que permitirá aos cerca de 80 mil frequentadores da Feira de Arte e Artesanato da Avenida Afonso Pena conhecer mais do potencial turístico de Belo Horizonte e de outras cidades do interior de Minas Gerais. A partir de dezembro, o espaço externo que dá acesso ao hall principal da Prefeitura será reservado para a exposição dos produtos turísticos e, a cada semana, os visitantes irão conhecer um dos 42 circuitos turísticos existentes no Estado, com mostras da gastronomia, do artesanato e dos seus diversos atrativos turísticos.

A iniciativa da Belotur, em parceria com a Federação das Associações dos Circuitos Turísticos do Estado de Minas Gerais (Fecitur), faz parte das diretrizes do Plano de Marketing Turístico de Belo Horizonte, nas ações que envolvem o incremento do fluxo turístico interno do Estado, juntamente com o projeto do Ministério do Turismo para a descentralização do turismo. O intercâmbio entre os circuitos turísticos deverá estimular o desenvolvimento socioeconômico dos municípios e fortalecer a política de regionalização do turismo em Minas Gerais. Outra expectativa do projeto é o aumento do tempo de permanência e do gasto médio do turista na região, através da integração de vários roteiros.

O presidente da Belotur, Júlio Pires, ressaltou que este empreendimento é importante para a parceria entre Belo Horizonte e os circuitos turísticos do Estado. “O Intercâmbio Turístico e Cultural irá proporcionar aos municípios mineiros a oportunidade de promover e divulgar seus produtos turísticos em um espaço privilegiado, cuja localização integra a área de realização da Feira de Arte e Artesanato da Avenida Afonso Pena, considerada a maior feira a céu aberto da América Latina”, diz.

Além disso, o projeto ampliará o papel de destaque da capital como receptor e emissor de turistas. Atualmente, cerca de 10% dos frequentadores da Feira são procedentes do interior e de outros estados e, por meio desta ação, eles poderão saber mais sobre os roteiros turísticos mineiros, tanto da capital como do interior. Para o presidente da Fecitur, Francisco Melo, a integração e a cooperação entre os municípios contribuem para a divulgação e a consolidação dos circuitos turísticos.

O Projeto Intercâmbio Turístico e Cultural, da Belotur, tem como parceiros a Fecitur, a Setur/MG, a Secretaria de Administração da Regional Centro-Sul e a Assessoria de Comunicação e Cerimonial da PBH.

Fonte: Secretaria de Turismo de Belo Horizonte

  
  

Publicado por em