Carnaval injeta R$ 1 bilhão no turismo de Pernambuco

O Carnaval de Pernambuco conquistou uma marca histórica. Neste ano, a receita turística em 12 polos e no Festival de Jazz de Garanhuns foi de R$ 1 bilhão, um crescimento de 30% em relação ao ano passado

  
  

O Carnaval de Pernambuco conquistou uma marca histórica. Neste ano, a receita turística em 12 polos e no Festival de Jazz de Garanhuns foi de R$ 1 bilhão, um crescimento de 30% em relação ao ano passado, quando R$ 773 milhões foram injetados na economia do Estado. O fluxo de visitantes, que engloba o número de turistas e excursionistas (visitantes que não pernoitam nem residem no entorno do local visitado), também registrou crescimento. Mais de 1.200.000 pessoas curtiram a Folia de Momo em Pernambuco, o que representa um aumento de 7% comparado a 2012, quando foram registrados 1.140.000 visitantes.

A ocupação hoteleira ficou em torno de 84% com destaque para a Região Metropolitana do Recife - RMR (91%) e para os municípios de Bezerros, Tamandaré, Surubim e Vitória de Santo Antão que tiveram 100% de ocupação. O gasto médio individual diário foi de R$ 169,96, 9% a mais do que no ano passado, quando foi de R$ 155,79. "Esses números ratificam que o Carnaval, mais do que uma festa, é um grande negócio que gera emprego e renda para os pernambucanos", comemora o secretário de Turismo de Pernambuco, Alberto Feitosa.

Os dados são resultados da pesquisa da Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur) que revelou ainda o perfil do turista da RMR. Cerca de 90% dos turistas eram brasileiros e 10% estrangeiros. Os estados do Nordeste corresponderam a 48% dos turistas para o Pernambuco, principalmente a Bahia (9,99%) e o Ceará (9,31%). Individualmente, o maior emissor foi São Paulo (18%). No mercado internacional, os principais emissores foram Alemanha (12,79%), Argentina (9,88%), Portugal (9,88%), França (9,30%) e Inglaterra (8,72%).

O Carnaval de Pernambuco foi aprovado por 95% dos entrevistados, que avaliaram os atrativos, os equipamentos, os serviços e a infraestrutura turística. Prova disso é que 96% deles afirmaram que recomendariam o Carnaval para outras pessoas.

A pesquisa do Carnaval 2013 foi realizada pela Setur-PE, através da Unidade de Gestão da Informação da Empetur, que realizou uma pesquisa entre os dias 08 e 17 de fevereiro, entrevistando mais de 204 mil foliões no Aeroporto do Recife, Terminal Integrado de Passageiros, BR 101, BR 232, PE 60, nos polos do Recife, Jaboatão dos Guararapes, Ipojuca, Olinda, Bezerros, Nazaré da Mata, Triunfo, Vitória de Santo Antão, Paudalho, Pesqueira, Petrolina, Salgueiro, além de Garanhuns em virtude do Festival de Jazz. Além da pesquisa presencial, a Empetur também fez um levantamento em toda rede hoteleira pelo telefone. A metodologia utilizada é aceita pela Organização Mundial do Turismo (OMT) e leva em consideração os dados coletados nas duas sondagens para projetar os números globais.

Fonte: Governo de Pernambuco

  
  

Publicado por em