Ceroula agita o Carnaval de Olinda há meio século

Na agremiação só desfilam os homens. Somente de cinco em cinco anos é que as mulheres são aceitas no desfile e, neste ano de 2012, é ano de mulher na Ceroula!

  
  
Troça Carnavalesca Ceroula de Olinda, arrastando foliões há 50 anos

Uma das maiores agremiações do carnaval de Olinda, a Troça Ceroula de Olinda completou 50 anos em 2012, botando para ferver as ruas e ladeiras da cidade que tem um dos melhores carnavais do Brasil.

Fundada por um grupo de seis amigos em 05 de janeiro de 1962, a Ceroula surgiu para concorrer com o Pijama, outra troça muito famosa na época. O fundador e atual presidente de honra, Antonio Aurélio Sales (Cabela), junto com Arthur Ferreira, Gilvan Gonçalves, Lúcio, Jamones Góes e Lucilo Araújo deram início a uma tradição que perdura até hoje: na troça só desfilam os homens. Somente de cinco em cinco anos é que as mulheres são aceitas no desfile e, neste ano de 2012, é ano de mulher na Ceroula!

Os arrastões acontecem no sábado e na terça de carnaval, sempre às 16h, saindo do Clube Atlântico no sábado e de Guadalupe na terça.

A Ceroula possui um dos hinos mais populares do carnaval pernambucano. Impossível não cair no frevo ao ouvir os primeiros acordes da música composta pelo cearense Milton Bezerra de Alencar. Hoje a troça tem cerca de 600 componentes fixos e, além deles, ainda arrasta uma multidão devido à venda das camisas, que já está a todo vapor na Rua XV de Novembro, nº 225, Olinda.

Fonte: Governo de Pernambuco

  
  

Publicado por em