Conheça o maior centro de Arte Contemporânea da Europa: Palais de Tokyo

O Palais de Tokyo, em Paris, esta de novo na cena cultural e promete dar um novo fôlego à arte contemporânea na Europa. Depois das obras de remodelação, que se estenderam ao longo deste ano, o Palais de Tokyo abriu finalmente as portas ao público

  
  
Palais de Tokyo

O Palais de Tokyo, em Paris, esta de novo na cena cultural e promete dar um novo fôlego à arte contemporânea na Europa.

Depois das obras de remodelação, que se estenderam ao longo deste ano, o Palais de Tokyo abriu finalmente as portas ao público. Uma data marcante no panorama cultural e que veio dar um novo impulso à arte contemporânea internacional.

Entre as principais novidades, destaca-se a criação do Pavillon, um estúdio com um conceito inovador, que permite fazer a divulgação de trabalhos de jovens artistas.

Além de modernas e amplas instalações – os oito mil metros quadrados passaram a ser 22 mil – o museu pode gabar-se de ter o maior centro de arte contemporânea da Europa. As galerias, que ocupam os quatro andares do edifício, foram desenhadas pelos arquitetos Jean-Philippe Vassal e Anne Lacaton. Permitir que os artistas tivessem bastante espaço para apresentarem as suas obras foram elementos determinantes na concepção desta nova zona expositiva.

Quatro salas de cinema, ainda em fase de acabamento, e mais um restaurante vieram para juntar-se à oferta deste templo artístico localizado numa das margens do rio Sena.

Esta é a 3ª edição da Trienal de Arte Contemporânea, que irá estender-se até 26 de Agosto. O Palais de Tokyo, em parceria com várias galerias e museus em Paris e arredores, vai apostar numa programação bastante diversificada e num intercâmbio cultural que permitirá maior proximidade entre artistas, sendo mais um passo decisivo na globalização da arte contemporânea mundial.

Fonte: Destinos de Viagem

  
  

Publicado por em