Do frevo a Brennand

Empresários conhecem atrativos culturais de Pernambuco

  
  
Frevo em Olinda (PE): o rico patrimônico cultural, artístico, musical, gastronômico e arquitetônico destacam Pernambuco no cenário nacional

Manifestações populares, festas, religiosidade, produção intelectual, música, artes, gastronomia e rico patrimônio arquitetônico destacam Pernambuco no cenário cultural brasileiro. O estado, cultura viva expressa no frevo, no maracatu e no carnaval, é destino da primeira viagem técnica da 4° edição do Vivências Brasil: Aprendendo com o Turismo Nacional.

Por meio do projeto do Ministério do Turismo (MTur), 12 empresários do setor conhecem, em Recife e Olinda, desde segunda-feira (28/06) até sábado (03), as melhores práticas em Turismo Cultural desenvolvidas nas cidades pernambucanas. O objetivo do projeto é promover o aprimoramento dos serviços turísticos nacionais, por meio de viagens técnicas para observação, assimilação e implementação das melhores práticas aplicadas em destinos nacionais de referência.

“No Recife e Olinda há uma forte relação entre turismo e cultura. Aqui, existe o envolvimento do setor privado, instituições e fundações na adequação dos produtos ao turismo, bem como educação e valorização da cultura pela população. Além disso, há apoio assertivo do setor público no fomento dos produtos culturais como forma de agregar valor à oferta turística”, destaca a coordenadora-geral de Serviços Turísticos, Rosiane Rockenbach.

Para a empresária Melania Vieira, 55 anos, de Quipapá (PE), a experiência está sendo enriquecedora. “Estou aprendendo o que posso fazer, como melhorar o que já faço e o que eu nunca devo fazer”, destaca. Vieira é proprietária de engenho e recebe turistas em sua propriedade, onde são produzidas rapadura, mel e cachaça aos mesmos moldes da época do Brasil Colônia.

O Vivências Brasil: Aprendendo com o Turismo Nacional é fruto de parceria entre o MTur, Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e a Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav).

Gastronomia, cultura e turismo – A riqueza do patrimônio cultural do Recife e de Olinda – reconhecida pela Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco) como Patrimônio Mundial, Cultural e Natural – materializa-se na diversidade de equipamentos turísticos, programações, atividades, serviços e produtos para o turista.

Nas cidades pernambucanas, os empresários têm a oportunidade de conhecer equipamentos culturais como a Oficina Cerâmica Francisco Brennand, importante ceramista e conceituado artista brasileiro da atualidade. No roteiro, estão previstas ainda visitas à Fundação Magdalena e Gilberto Freyre, localizada na residência do sociólogo brasileiro; e à Sinagoga Kahal Zur Israel. O Instituto Ricardo Brennand, instituição cultural privada criada para abrigar a coleção particular de Ricardo Brennand, que, hoje, conta com museu, pinacoteca, biblioteca, amplos jardins e espaços para eventos também faz parte do roteiro.

A gastronomia típica pernambucana, composta pela culinária das aldeias indígenas, da casa grande e da senzala, dos mosteiros, dos terreiros de xangô e da beira da praia, é outra atração da programação. Durante a viagem, os empresários visitarão restaurantes que lembram o ambiente do sertão ou que trazem desde o cardápio à equipe de atendimento e decoração detalhes da cultura popular como quadros, peças em cerâmica e madeira e toalhas personalizadas feitas por artistas locais. Além disso, os empresários conhecerão empreendimentos hoteleiros que valorizam o uso de arte e artesanato em suas instalações.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em