Economia do carnaval de Pernambuco tem crescimento de 54%

A receita deixada pelos visitantes foi de R$ 570 milhões, um aumento de 54% em relação ao carnaval do ano passado, que gerou uma receita de R$ 370 milhões

  
  
A maioria dos foliões ficou hospedada na Região Metropolitana do Recife, que registrou 96% de ocupação hoteleira

Os números do carnaval 2011 revelam o impacto que a Folia de Momo proporcionou à economia de Pernambuco. A receita deixada pelos visitantes foi de R$ 570 milhões, um aumento de 54% em relação ao carnaval do ano passado, que gerou uma receita de R$ 370 milhões. O Estado recebeu cerca de um milhão de visitantes, um crescimento de 28,67% comparado ao público de 2010, quando 800 mil pessoas visitaram Pernambuco durante o carnaval. A maioria dos foliões ficou hospedada na Região Metropolitana do Recife, que registrou 96% de ocupação hoteleira.

Os resultados positivos também foram registrados em todas as 19 cidades polo, do Litoral ao Sertão. A média estadual de ocupação hoteleira foi de 90%, com destaque para Águas Belas, Bezerros, Nazaré da Mata e Vitória de Santo Antão, que registraram 100% de ocupação. O Gasto Médio Individual Diário (GMID) no Estado foi de R$ 133,00. Vale ressaltar que os turistas hospedados em hotel tiveram um GMID superior, na casa dos R$ 267,68. A permanência média foi de nove dias.

Os números do Carnaval 2011 foram levantados pela Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur), através da Unidade de Gestão da Informação, que realizou uma pesquisa entre os dias 09 e 13 de março, no Aeroporto do Recife, Terminal Integrado de Passageiros (TIP), em algumas cidades polos e nos postos da polícia rodoviária nas rodovias BR 232. BR 101-Norte, BR 101-Sul e PE 060. Além da pesquisa presencial, a Empetur também fez um levantamento em toda a rede hoteleira pernambucana pelo telefone. A metodologia utilizada pela Empetur é aceita pela Organização Mundial do Turismo (OMT) e leva em consideração os dados coletados nas duas sondagens para projetar os números globais.

A pesquisa da Empetur revelou ainda os principais mercados emissores de turistas para o carnaval de Pernambuco. No mercado nacional, os principais emissores foram São Paulo (18,70%), Pernambuco (11,72%), Rio de Janeiro (10,84%), Alagoas (8,54%) e Bahia (8,40%). Já os turistas estrangeiros vieram principalmente dos Estados Unidos (25%), Itália (15%), França (12,50%), Argentina (8,13) e Inglaterra (6,88%).

O Carnaval de Pernambuco foi aprovado por 96,62% dos foliões. A programação artística e cultural agradou a 92,12% dos foliões, que avaliaram positivamente os atrativos turísticos (92,98%), a hospitalidade do povo pernambucano (91,58%) e a segurança pública (76%). A pesquisa revelou ainda que 82% dos entrevistados manifestaram intenção de voltar no próximo carnaval. Por fim, 96% declararam que recomendariam o carnaval de Pernambuco para amigos e parentes.

Fonte: Governo do Estado de Pernambuco

  
  

Publicado por em