Experiência turística que vem da arte

Atração da Rio+20, exposição multissensorial do artista plástico goiano Siron Franco leva visitantes para uma verdadeira “imersão” no cerrado brasileiro

  
  
Esta não é só mais uma exposição de arte brasileira. Vai muito além: simula uma visita ao fascinante universo do cerrado

Esta não é só mais uma exposição de arte brasileira. Vai muito além: simula uma visita ao fascinante universo do segundo maior bioma do Brasil – o cerrado, que possui um terço de toda a biodiversidade brasileira em uma área superior a 2 milhões de km².

A videoinstalação multissensorial Brasil Cerrado foi criada pelo artista plástico goiano Siron Franco especialmente para a Conferência das Nações Unidas Sobre Desenvolvimento Sustentável, a RIO+20. No Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, quatro ambientes completamente interligados reúnem projeções, fotografias, cheiros, textos, áudio, painéis e esculturas que retratam preciosos exemplares do bioma.

A sensação é tão real que a estudante paulista Catarina Arantes chamou a colega para comentar: “olhando assim, me sinto pequena diante da riqueza da vida no cerrado”, disse, enquanto contemplava imagens projetadas em quatro telões de alta definição, embaladas por sons da fauna e a fragrância de flores encontradas na região do planalto central brasileiro.

Além de mostrar a beleza genuína de cada minúscula flor que dá cor ao cerrado do país, a obra retrata, por outro lado, o drama da ameaça ao bioma, que já teve 50% de sua área total devastada principalmente por queimadas, de acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

Segundo o diretor de Estruturação, Articulação e Ordenamento Turístico do Ministério do Turismo, Ítalo Mendes, os hábitos dos viajantes podem ser decisivos na preservação dos ambientes naturais, "o que fortalece os ativos turísticos de um país”, avalia. Mendes destaca que a excelência da oferta de recursos naturais para o turismo no Brasil é reconhecida internacionalmente: segundo o último relatório divulgado pelo Fórum Econômico Mundial, o Brasil ocupa, hoje, o topo do ranking mundial de competitividade em recursos naturais para o desenvolvimento de atividades turísticas.

O diretor afirma que a relação entre preservação, meio ambiente, turismo e desenvolvimento deve estar cada vez mais bem articulada em um país que tem expoentes 'verdes' como a Amazônia e do Pantanal. “O cerrado ainda é menos conhecido, mas é tão importante quanto - ambientalmente e turisticamente. Estimular o conhecimento sobre sua riqueza natural é promover a valorização, a visitação e lançar um convite para a preservação do bioma”, avalia.

A videoinstalação multissensorial Brasil Cerrado foi criada pelo artista plástico goiano Siron Franco especialmente para a RIO+20

Turismo Responsável
Um dos projetos do Ministério do Turismo que levam a marca da sustentabilidade é a campanha Passaporte Verde – Turismo Sustentável Por Um Planeta Vivo, desenvolvida em parceria com o Ministério do Meio Ambiente e o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA). O objetivo é sensibilizar o turista em favor do consumo responsável em viagens de lazer. Além disso, a campanha também estimula a cadeia produtiva do setor a incorporar boas práticas socioambientais.

Serviço
O que: Exposição Brasil Cerrado – Siron Franco
Quando: até sábado (23) no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro. Sexta (22), das 11h às 18h; sábado (23), das 11h às 19h
Endereço: Av. Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo, Rio de Janeiro
Preço: entrada gratuita

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em