Festa da Consciência Negra terá de show a exposições em São Paulo

Pinacoteca do Estado e Museus de Arte Sacra e da Língua Portuguesa são algumas das instituições que celebrarão a data

  
  
Museu de Arte Sacra

Já começou a temporada de eventos do Dia Nacional da Consciência Negra, comemorado em 20 de novembro. Na programação, de exposições de fotos a um festival de hip hop que será encerrado com show grátis dos Racionais MC's.

Africanofagias Paulistanas é o título da programação temática que ocorre neste mês na Pinacoteca do Estado, no Museu de Arte Sacra e no Museu da Língua Portuguesa. No sábado, haverá mesa redonda do tema Africanizando o Cotidiano Paulistano, sobre a influência africana no dia a dia do cotidiano da cidade - de expressões orais a práticas religiosas. Estão ainda previstas apresentações de maracatu e rap e peças teatrais. A programação completa pode ser consultada no site www.pinacoteca.org.br ou pelo telefone (11) 3324-1000.

O Museu Afro Brasil comemora a data com duas exposições: Aurelino - A Transfiguração do Real, com cerca de cem obras do artista plástico baiano Aurelino dos Santos, e Brincar com Arte - O Brinquedo Popular do Nordeste, com mais de mil objetos da coleção de David Glat. Ambas abrem no dia 20 e ficam em cartaz até 1.º de abril. O Museu Afro Brasil fica no Parque do Ibirapuera. Informações pelo www.museuafrobrasil.org.br ou no telefone (11) 3320-8900, ramal 8921.

Também em comemoração à Consciência Negra, o Museu de Arte Sacra (Avenida Tiradentes, 676, Luz, tel.: (11) 3326-5393, www.museuartesacra.org.br) abre no dia 17 a mostra Benedito das Flores e Antonio do Categeró, com obras de seu acervo, do Museu Afro Brasil e de colecionadores particulares. São 170 imagens feitas de vários materiais - madeira, barro cozido, gesso e prata -, que retratam santos de origem negra amplamente difundidos entre católicos.

Hip hop. No Memorial da América Latina (Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 664, Barra Funda, tel.: (11) 3823-4600), o destaque será o 5.º Encontro Paulista de Hip Hop no fim de semana. De graça, o evento terá oficinas de dança e de grafite, lançamento de livro e, para encerrar, o show com os Racionais MC's.

No Museu Municipal de Barueri, na Grande São Paulo, o destaque será a mostra Walter Firmo: Um Fotógrafo Negro. Com entrada gratuita, a exposição acontece até 17 de janeiro na Avenida Henrique Gonçalves Batista, 359, Barueri. Com 74 anos de idade e 54 de carreira, o carioca Walter Firmo é conhecido pela maestria de seus retratos - muitos ressaltando a população negra do Brasil.

A exposição foi produzida pelo Museu Afro Brasil em conjunto com o Sistema Estadual de Museus (Sisem), órgão da Unidade de Preservação do Patrimônio Museológico do Estado. "É bacana mostrarmos tanto a presença do artista negro quanto o negro como temática de obras de arte", explica a coordenadora da unidade, Claudinéli Moreira Ramos. "A mostra é a principal ação do Sisem para celebração da Consciência Negra. E vem de encontro à intenção da Secretaria da Cultura de interiorizar cada vez mais as ações culturais de alta qualidade."

Fonte: Governo de São Paulo

  
  

Publicado por em