Festa democrática no Recife deve atrair mais de 650 mil turistas

A nona edição do Carnaval Multicultural será um dos maiores e mais democráticos carnavais do País, com centenas de desfiles e 370 apresentações em 16 pólos instalados no centro e bairros

  
  

O carnaval da capital pernambucana é um dos maiores, mais animados, alegres e criativos do País. Este ano, além de consagrar a diversidade dos ritmos e manifestações culturais na maior festa popular brasileira, a nona edição do Carnaval Multicultural do Recife será, também, mais democrático.

A Prefeitura de Recife instalou 16 pólos de animação, oito no centro e oito no subúrbio, para levar diversão e arte para todos os cidadãos. A programação prevê centenas de desfiles de blocos, afoxés, orquestras de frevo, maracatus, troças, caboclinhos e escolas de samba, além de outras 370 apresentações espalhadas pela cidade. Durante os quatro dias de folia, 320 artistas (locais, nacionais e internacionais) e 363 agremiações vão se apresentar na festa.

A cidade espera receber aproximadamente 650 mil visitantes, segundo estimativa da Secretaria Municipal de Turismo, que calcula que a festa atrairá mais 10% de visitantes do que em 2008, quando foram injetados R$ 283 milhões na economia local. Cinqüenta mil postos de trabalho deverão ser gerados pelo Carnaval Multicultural do Recife.

A abertura oficial da festa será na sexta-feira (20), no Marco Zero de Recife, quando o Rei Momo e a Rainha do Carnaval receberão a chave da cidade das mãos do prefeito João da Costa. Até a quarta-feira de cinzas (25), os dois monarcas comandarão a folia na capital pernambucana, que é embalada principalmente pelo ritmo do frevo.

Este ano, a folia recifense homenageia o compositor Carlos Fernando, autor de mais de 150 músicas; o artista plástico Cícero Dias (in memoriam), um dos pioneiros do modernismo no Brasil, e o carnavalesco Enéas Freire (in memoriam), fundador da maior agremiação carnavalesca do mundo, o Clube de Máscaras Galo da Madrugada.

Uma verdadeira operação de guerra foi montada pela prefeitura para garantir infra-estrutura, conforto e organização do evento. A coordenação geral do Carnaval Multicultural do Recife é compartilhada pelas secretarias municipais de Cultura, Turismo e Gestão Estratégica e Comunicação Social. As demais secretarias e diversos órgãos da prefeitura estão presentes nos 22 núcleos de trabalho que dão suporte à infra-esturtura, programação artística e serviços.

Artistas e pólos de animação

Entre as atrações nacionais e internacionais, que tocarão e cantarão nos pólos de animação no centro e nos bairros, destacam-se: Claudionor Germano e Miúcha cantam no Marco Zero e também na Praça do Arsenal; Pitty vai ao Jardim São Paulo e a Casa Amarela; Maria Rita canta no Marco Zero e no Ibura; China com participação especial de Nina Becker e Marina de La Riva estarão no Pátio de São Pedro e em Jardim São Paulo; Silvério Pessoa leva sua música ao Marco Zero e ao bairro da Várzea; Mundo Livre S&A com participação de Manu Chao (FRA) e Eugene Hütz tocam no Alto José do Pinho e no Marco Zero; Esteel Band (Cuba) tocam no Pátio de São Pedro e na Várzea; Nação Zumbi toca em Chão de Estrelas e no Marco Zero; Leci Brandão leva seu samba ao Marco Zero e a Nova Descoberta.

Grandes artistas já estão confirmados: Caetano Veloso, Alceu Valença, Fernanda Abreu, Jorge Mautner, Elba Ramalho, Spok Frevo Orquestra, Lenine, Cordel do Fogo Encantado, Orquestra Popular da Bomba do Hemetério, Siba e a Fuloresta. Além de muitos outros artistas da música pernambucana como: Getúlio Cavalcanti, Lula Queiroga, Geraldo Azevedo, Nelson Jacobina, Vítor Araújo, Eddie, Isaar, Bonsucesso Samba Clube, Quinteto Violado, Karina buhr, Academia da Berlinda, Gustavo Travassos, Coral Edgard Moraes, Geraldo Maia, Reginaldo Rossi, Nena Queiroga, André Rio, Selma do Coco e Almir Rouche, que também farão a festa.

Os oito pólos de animação no centro são os seguintes: Marco Zero, Praça do Arsenal da Marinha, Av. Guararapes, Av. Nossa Senhora do Carmo, Pátio de São Pedro, Pátio do Terço, Pátio de Santa Cruz e Cais da Alfândega.

Os oito pólos de animação no subúrbio são: Ibura, Casa Amarela, Várzea, Jardim São Paulo, Chão de Estrelas, Alto José do Pinho, Nova Descoberta e Santo Amaro. Além dos 16 pólos, a Prefeitura Municipal de Recife apóia 43 carnavais de bairros ou os chamados ‘polinhos’. As agremiações dessas localidades contaram com patrocínio financeiro da administração municipal para se preparar para os desfiles.

Serviço:
Agência Sebrae de Notícias - (61) 3348-7138 e 2107-9362
www.agenciasebrae.com.br

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

  
  

Publicado por em