III Festival Internacional de Ópera da Amazônia, no Pará, abre com Romeu e Julieta

No próximo dia 14 de agosto, as cortinas do Theatro da Paz se abrem para as atrações do III Festival Internacional de Ópera da Amazônia

  
  

No próximo dia 14 de agosto, as cortinas do Theatro da Paz se abrem para as atrações do III Festival Internacional de Ópera da Amazônia. As equipes providenciam os últimos detalhes da apresentação da primeira ópera, o clássico "Romeu e Julieta", do compositor francês Charles Gounod, baseado na obra do dramaturgo inglês William Shakespeare. A terceira edição do festival prossegue até 19 de setembro, com cenas de outra clássico: "Carmem", de Georges Bizet.

A ópera Romeu e Julieta foi considerada por Charles Gounod sua obra prima. Inspirada na famosa tragédia homônima escrita por Shakespeare, a ópera conta em cinco atos o romance de dois adolescentes de famílias rivais, que acabam morrendo em nome desse amor. Também adaptada para o cinema, é uma das mais populares histórias de amor desde o século XVI.

Gounod fez uma pequena alteração na história de Shakespeare. Na ópera, cuja estreia foi em 1867, Julieta desperta um pouco antes de Romeu falecer, proporcionando um último dueto entre os dois. A ópera tem uma partitura carregada de refinamento musical, cheia de nuances e detalhes. O compositor utilizou técnicas variadas para ambientar diversos momentos.

O III Festival Internacional de Ópera da Amazônia terá ainda a participação da Orquestra Vale Música de Belém, na ópera "La Cambiale Di Matrimonio", de Gioachino Rossini, que será regida por Miguel Campos. A orquestra faz parte de um projeto social com crianças em situação de risco. Esta é mais uma ópera com elenco formado inteiramente por paraenses, valorizando os artistas locais.

Ópera cômica em um ato, "La Cambiale Di Matrimonio" foi escrita quando o compositor tinha apenas 18 anos, sendo a primeira de uma série de farsas musicais compostas no início de sua carreira. A história se passa na Londres do século XVIII, onde o rico comerciante canadense Slook envia a Tobias Milque uma carta e uma nota promissória, solicitando que encontre uma esposa, e que esta deve lhe apresentar o documento. Milque decide oferecer sua filha, Fanni, a Slook.

Viajante - A Orquestra Vale Música de Belém também participa da ópera convidada "O Viajante das Lendas Amazônicas", musicada e orquestrada pelo russo Serguei Firsanov, que reside em Belém. O universo das lendas amazônicas foi composto a partir de poemas de João de Jesus Paes Loureiro. A história é contada por um curumim, que pede carona a um canoeiro para chegar ao município de Abaetetuba. Para isso, deve contar histórias ao dono da canoa para continuar viagem. Todo o elenco faz parte do Projeto Vale Música.

Cantores, coro e orquestra sinfônica encenarão famosas árias da ópera "Carmen", uma das mais conhecidas do mundo, passada na região espanhola de Sevilha. Ainda faz parte da programação um concerto lírico, com árias e canções francesas, na Igreja de Santo Alexandre.

Além das óperas, o público poderá assistir à palestra "Luciano Pavarotti Grandíssimo", com o crítico de ópera Sérgio Casoy, e participar do lançamento da 2ª edição do livro "Cronologia Lírica de Belém". Outra novidade é o lançamento do DVD "OSTP 12 Anos", o primeiro registro de um concerto da Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz em DVD. A apresentação foi gravada em concerto realizado em dezembro de 2008.

Serviço: III Festival Internacional de Ópera da Amazônia. De 14 de agosto a 19 de setembro de 2009, no Theatro da Paz. Realização: Governo do Pará, via Secretaria de Estado de Cultura (Secult). Os ingressos já estão disponíveis na bilheteria do teatro. Ingressos para a ópera Romeu e Julieta: R$ 30,00 (paraíso), R$ 40,00 (camarote de 2ª, galeria proscênio PE) e R$ 50,00 (platéia, varanda, frisa e camarote de 1ª ). Já para a ópera La Cambiale di Matrimonio, os ingressos têm preço único de R$ 20,00. As demais apresentações terão entrada gratuita com retirada de ingressos na bilheteria do Theatro da Paz, a partir de 9h, no dia do espetáculo.

Fonte: Agência Pará de Notícias

  
  

Publicado por em