MTur investe R$ 30 milhões em cidades históricas

Recursos são direcionados para projetos contemplados no PAC das Cidades Históricas

  
  

Os ministérios que executam o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) das Cidades Históricas investiram, no ano passado, R$ 75 milhões no financiamento de obras de infraestrutura e recuperação de patrimônio, entre outras ações em todo o país. Somente do Ministério do Turismo (MTur), foram R$ 30 milhões em empenhos (empenho é o ato de reservar o recurso para a execução do projeto).

“A liberação é feito depois do cumprimento de uma série de requisitos legais”, esclareceu o diretor do Departamento de Infraestrutura do MTur, Roberto Bortolotto, ao público do II Encontro Nacional das Cidades Históricas e Turísticas. O evento está sendo realizado em Pirenópolis (GO), um dos municípios beneficiados com verbas do PAC.

Pirenópolis, patrimônio nacional, vai investir R$ 7 milhões, já empenhados pelo MTur, no projeto de revitalização da orla do Rio das Almas. “Estamos fazendo os últimos ajustes no projeto, antes de darmos início às obras”, revelou o secretário de Turismo da cidade, Sérgio Rady.

Os recursos do MTur foram empenhados para quatro municípios, além da cidade goiana. São eles: Belém (PA), Salvador (BA), Recife (PE) e Areia (PB). O diretor do MTur esclareceu que as cidades históricas não incluídas no PAC podem receber recursos de outros programas do ministério.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em