Músicos de destaque participam de Festival de Marchinhas

Evento em São Luiz do Paraitinga abre espaço para novos talentos e renomados nomes da música popular brasileira

  
  

O 27º Festival de Marchinhas de São Luiz do Paraitinga, que pré-seleciona neste final de semana as melhores composições para o Carnaval 2012, conta com a presença de grandes nomes da música popular brasileira e abre espaço para novos nomes da cidade que estão sendo lançados. Entre as obras inscritas está “Pelas Costas”, de Arnaldo Antunes, Betão Aguiar, Chico Salém e Marcelo Jeneci.

Além de nomes renomados, participam das marchinhas vários músicos do município - Lia Marques, Camilo Frade, Paulo Baroni e Moreno Overá - que tiveram seus trabalhos aprovados entre os 36 selecionados pelo Programa de Ação Cultural, da Secretaria de Estado da Cultura. Sem contar os irmãos Marco Aurélio e Thar, da Banda Quar' de Mata - que acabaram de lançar o CD independente 'Deu na Creca'. Também fazem parte da trupe, Léo Couto e Leandro Barbosa, integrantes da Banda Estrambelhados, que estão com o novo disco da banda saindo do forno, com lançamento previsto para março. O momento é oportuno para os músicos, que conseguem dar vazão à intensa produção musical característica da cidade.

Autora da obra “Se perfume tivesse cor, a rosa seria beija-flor”, Lia Marques nasceu em berço de músicos. A cantora é neta do grande compositor Elpídio dos Santos e filha de Renata Marques e Negão Santos, integrantes do Grupo Paranga.

Com apenas 15 anos, Camilo Frade leva adiante o talento que herdou do pai Nhô Lambis e do tio Galvão Frade (da antiga formação do Grupo Paranga). O jovem já participou do DVD para celebrar os 100 anos de Elpídio dos Santos, cantando com grandes nomes da música popular brasileira.

Dois músicos luizenses foram contemplados no Concurso de Apoio a Projetos de Gravação de Disco Inédito do Programa de Ação Cultural. Paulo Baroni é paulistano radicado em São Luiz do Paraitinga. Seus shows apresentam gêneros pop/rock e principalmente marchinhas. Seu CD inédito chama-se “Baroni e a Loukomotiva Kabereka”. Já Moreno Overá nasceu na cidade de Campinas, mas também vive em São Luiz do Paraitinga. É violeiro, intérprete e compositor. Com sua inseparável viola caipira já tocou com Geraldo Azevedo, Yuri Poppof, Lui Coimbra, Ivan Vilela, entre outros. Seu trabalho autoral, “Brasil Viola”, tem modas, cirandas, causos, arranjos inovadores, músicas originais, letras que falam de ecologia, valores humanos e diversão.

A Banda Quar´de Mata lançou seu CD na Festa do Saci de 2011 e “Deu na Creca” já está disponível para compra em diversos pontos da cidade. O trabalho contempla 14 marchinhas, compostas ao longo de 20 anos de carreira da dupla no carnaval luizense.

O Grupo Estrambelhados tem seu segundo trabalho, “Estrambelhado eu sou”, produzido pelo consagrado Betão Aguiar. O novo disco traz uma sonoridade contemporânea para as tradicionais marchinhas e grande parte do repertório é de composições autorais da banda.

Um grande espetáculo com diversas atrações musicais está sendo preparado para os dias 21, 22 e 28 de janeiro durante as etapas finais do Festival de Marchinhas, às 21h30. A premiação será no dia 28 de janeiro e selecionará as melhores composições para o Carnaval 2012 “Amora em Flor”.

Premiação
O primeiro colocado receberá prêmio em dinheiro no valor de R$ 2.500,00 e troféu. Já o segundo lugar levará R$ 1.500,00 e troféu, enquanto o terceiro lugar será premiado com R$ 800,00 e troféu. Os participantes concorrem ainda ao Prêmio “Dodô/Quadô” do Júri Popular que concede R$500,00 e troféu e o Melhor Intérprete receberá R$ 300,00 e troféu.

Mais informações no site http://www.saoluizdoparaitinga.sp.gov.br

Fonte: AD Comunicação & Marketing

  
  

Publicado por em