Na Trilha dos Bichos com Araquém Alcântara

Contemplar a natureza, conhecer nossa incrível biodiversidade, refletir sobre as espécies ameaçadas de extinção, o tráfico de animais e promover um debate sobre as questões ambientais é a proposta da Exposição Fotográfica Interativa Na Trilha dos Bichos

  
  

Contemplar a natureza, conhecer nossa incrível biodiversidade, refletir sobre as espécies ameaçadas de extinção, o tráfico de animais e promover um debate sobre as questões ambientais é a proposta da Exposição Fotográfica Interativa Na Trilha dos Bichos.

São Paulo - Durante o mês de maio, entre os dias 10 e 20, Embu das Artes será palco para a Exposição Fotográfica Interativa " Na Trilha dos Bichos com Araquém Alcântara. Araquém Alcântara é um dos precursores da fotografia de natureza no Brasil e o mais importante fotógrafo desta especialidade. Preocupado com as questões ambientais, o fotógrafo doou um belíssimo acervo para a Sociedade Ecológica Amigos de Embu " SEAE com o objetivo de ampliar os conhecimentos sobre a biodiversidade brasileira e também proporcionar debates e reflexões sobre o meio ambiente, principalmente junto às crianças e adolescentes.

Embu é Terra das Artes e a exposição pretende estimular o hábito de apreciar e interpretar uma obra de arte como a fotografia, e, principalmente, sensibilizar o público para a urgência da preservação ambiental. A Exposição Fotográfica Interativa - Na Trilha dos Bichos com Araquém Alcântara propiciará uma conexão maior do homem com seu meio ambiente. Será um espaço cultural, educativo e de integração entre crianças, jovens, adultos e turistas. Os painéis ficarão expostos no Parque do Lago Francisco Rizzo, localizado na Rua Alberto Giosa, 300, das 8h30 às 17h e uma equipe treinada de monitores estará conduzindo os grupos, interagindo com o público e sensibilizando sobre as questões ambientais. Agende a sua escola ou o seu grupo com a Vanessa " fone: (0xx11) 4781.6837 ou contato@seaembu.org.

A Exposição Fotográfica Interativa - Na Trilha dos Bichos com Araquém Alcântara é uma realização da Prefeitura de Embu e da Sociedade Ecológica Amigos de Embu " SEAE que conta com diversos patrocinadores como Itaim, Embu SA, VarigLog Embu, Indeca, Fonte dos Jesuítas, Faculdade Taboão da Serra, ITW Chemical, Arautos do Evangelho e diversos apoiadores, entre eles, ToniCel Publicidade, Embu Garden, Dornelles Móveis, WL Furlan e Cooperativa de Serviços Turísticos de Embu.

Quem é Araquém Alcântara"

Araquém Alcântara - o Colecionar de Mundos - publicou diversos livros e ganhou mais de uma centena de prêmios, além de produzir mais de duzentas exposições e incontáveis reportagens no Brasil e no Exterior. Desde os anos 70 freqüenta os locais mais distantes do país capturando com sua objetiva a incrível biodiversidade e cultura brasileiras.
Segundo Araquém Alcântara, existem duas maneiras de se produzir belas fotografias " ambas exigem paciência e contemplação. Na primeira, o fotógrafo espera a chegada dos animais, às vezes é demorado, podem ser vários dias enfrentando o calor, o frio, a chuva, os mosquitos... A outra forma é ir atrás deles... chegar de madrugada ou ao entardecer " de surpresa.

Araquém Alcântara é o único brasileiro a integrar a equipe de um dos maiores bancos de imagens de vida selvagem do Japão, o Nature Productions, de Tóquio. É também o primeiro fotógrafo brasileiro a produzir e assinar uma edição inteira da National Geographic Magazine, intitulada "Bichos do Brasil".

Priorizando a fotografia como expressão plástica, Araquém Alcântara vem a quase três décadas compondo um precioso acervo em defesa do patrimônio natural e dos valores culturais do Brasil.

Uma Segunda Chance

Ao passear pelos corredores da exposição o visitante terá a oportunidade de conhecer algumas espécies ameaçadas de extinção. Araquém Alcântara capturou com sua objetiva, imagens emocionantes " momentos mágicos de ternura, vigor e movimento! Fotos belíssimas como a da Onça-pintada (Panthera onca), o maior felino das Américas, enchem os olhos de alegria, mas entristecem o coração " ela está ameaçada! O desmatamento, a redução dos habitats, o tráfico de animais e a caça predatória são as principais causas. O mercado de peles é uma grande ameaça para esse animal, assim como para a Jaguatirica (Leopardus pardalis) que também está na Lista Oficial dos Animais Ameaçados de Extinção do IBAMA. O macaco Uacari (Cacajao calvus) é uma espécie menos conhecida entre os cientistas e vive em florestas inundadas de difícil penetração. Também corre o risco de extinção. Aves com colorido intenso como a Ararajuba (Guaruba guarouba) " amarelo e verde " são atração. Elas estão sumindo porque as matas e principalmente as palmeiras onde encontravam seu alimento estão sendo derrubadas.

Com a divulgação da nova lista de animais ameaçados de extinção em 2003 foi verificado que o número cresceu de 219 espécies para 395. No mundo inteiro, todo dia desaparecem quase trezentas espécies de animais e vegetais. Todas as espécies são importantes e fazem parte de uma cadeia. Quando uma desaparece, quebra o equilíbrio e desestrutura o ambiente do qual faz parte, pois uma depende da outra. Se um pássaro é extinto, por exemplo, ficam comprometidas diversas espécies de plantas que necessitavam dele para o transporte de pólen ou de sementes. A ararinha-azul não pode mais ser vista livre, somente em cativeiro. Até quando as espécies silvestres vão viver nestas condições"

Alguns animais saíram da lista e isso pode ser um bom sinal, entre eles o Gavião-real ou Harpia que também pode ser visto na exposição. O uso sustentável dos ecossistemas, incluindo a prevenção e o controle de queimadas e o reflorestamento, acompanhados de uma intensa fiscalização para evitar o tráfico de animais, aliados à educação ambiental, são passos fundamentais para a recuperação das espécies. Afinal, nós temos que mudar de atitude e preservar, porque os animais têm direito à vida e merecem uma segunda chance.

Descobrindo a Trilha dos Bichos

A Exposição Fotográfica Interativa " Na Trilha dos Bichos com Araquém Alcântara será um desafio para o conhecimento. Os biomas brasileiros, a vegetação, a alimentação dos animais, o local onde vivem farão parte das atividades interativas provocadas pelos monitores. Conhecer os hábitos da Preguiça, a importância do Urubu-rei, o significado do Tuiuiú e desvendar um Brasil Animal é a proposta dos organizadores do evento.

Legenda: Uacari-branco (Cacajao calvus)
Crédito da imagem: Araquém Alcântara

Fonte: Envolverde

  
  

Publicado por em

Mary

Mary

14/07/2009 23:14:49
adoro os bichinhos vamos cuidar deles com carinho

Luisa

Luisa

11/05/2009 13:37:56
amei

Luisa

Luisa

11/05/2009 13:37:42
amei

Luisa

Luisa

11/05/2009 13:37:12
amei

Carol

Carol

07/11/2008 09:55:07
Eu acho que não devemos maltrata os bichos da floresta.

Carol

Carol

07/11/2008 09:54:53
Eu acho que não devemos maltrata os bichos da floresta.

Carol

Carol

07/11/2008 09:54:28
Eu acho que não devemos maltrata os bichos da floresta.

Beatriz

Beatriz

09/10/2008 15:30:46
ei kd meu comentário vcs gostaram entao bt o que eu fis

Lyanne Rehder

Lyanne Rehder

Oi Beatriz, Ué... seu comentário está aqui sim :) abs
Danyelle

Danyelle

09/10/2008 15:27:36
Eu acho muito ruim pois eles estão sendo ameaçados de um jeito muito desleal...
Adoro bichos e não gosto destas coisas que acontecem com eles...
Infelizmente tenho que dizer mais não gosto de dizer isso não!!
é que os homens não são bons tem alguns que são.Mais outros não!!
Tem homem que é covarde bate nas mulheres e ainda gosta e bate mais,pensa que as mulheres são brinquedos!! Em fim os animais eles tem o direito de viver agente não vive eles também tem esse direito,do jeito que eu quero eles também querem...
Os animais nascem é para viver e não para morer afinal os bichos um de cada tem a idade para morrer mais não é só isso eles tem que viver o possível por isso que estou fazendo este comentário...
Obrigado

Beatriz

Beatriz

11/09/2008 12:42:56
eu acho muito ruim ameasa os bichos cendo ameasado
eu amo bichos eli são ameasado